facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 20 de outubro de 2020

Sertão-On

Prefeitura de Petrolina implanta sistema para acabar com o uso de papel

A plataforma ‘Petro online’ será lançada pelo prefeito Miguel Coelho nesta quarta (31) e permitirá que toda a tramitação burocrática do município seja de forma digital.

Postado em 29/07/2019 2019 11:01 , Sertão-On. Atualizado em 29/07/2019 11:40

FOTO : DIVULGAÇÃO

A tecnologia será uma poderosa aliada da Prefeitura de Petrolina para agilizar a rotina dos petrolinenses. Isso porque, o município é o primeiro de Pernambuco a implantar um sistema que vai eliminar o uso de papel nas repartições municipais. A plataforma ‘Petro online’ será lançada pelo prefeito Miguel Coelho , e permitirá que toda a tramitação burocrática do município como memorandos, ofícios, processos administrativos e licitações tramitem de forma digital.

O município que já conquistou avanços na modernização dos serviços públicos e na transparência também poderá melhorar o atendimento direto à população. Para o secretário de Planejamento e Gestão, Plínio Amorim, o avanço dos processos eletrônicos será fundamental para melhorar a eficiência da gestão tanto no quesito transparência quanto na agilidade.

Nossa cidade entrará no rol das cidades mais tecnológicas do Brasil. Petrolina está se modernizando, cada vez mais, em prol das melhores práticas de gestão com foco no atendimento à sociedade. Com este novo sistema, a prefeitura vai integrar os diversos setores da Administração, melhorando a comunicação e acima de tudo acompanhando de perto os gargalos para cobrar também mais agilidade e transparência para a população”, destaca.

A estimativa da prefeitura é que com a implantação da nova plataforma, cerca de 2,5 milhões de folhas deixem de ser impressas, anualmente, na cidade. A plataforma também deve proporcionar que o tempo de tramitação dos processos  dos cidadãos seja reduzido em mais de 700%. O lançamento do ‘Petro online’ acontecerá a partir das 16h na Fundação Nilo Coelho, no centro de Petrolina.