facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 01 de outubro de 2020

Geral

Pesquisa aponta nova idade da lua

A terra pode ter sido formado apenas 50 milhões de anos depois da criação do Sistema Solar

Postado em 04/08/2019 2019 09:02 , Geral. Atualizado em 03/08/2019 17:11

REPRODUÇÃO NET

Um novo estudo realizado por cientistas do Instituto de Geologia e Mineralogia da Universidade de Colônia, na Alemanha, e publicado pelo site Universe Today  afirma que a Lua é mais velha do que se imaginava.

De acordo com as descobertas, o satélite natural da Terra é pelo menos 100 milhões de anos mais velho do que se imaginava.

A conclusão se deu a partir da análise química de amostras do solo lunar trazidas há 50 anos durante as missões do Programa Apollo. Até então, cientistas afirmavam que a Lua havia sido formada 150 milhões de anos após a criação do Sistema Solar, há 4,6 bilhões de anos. No entendimento dos pesquisadores, há registros de que a Lua foi apenas 50 milhões de anos depois da formação de nossa cadeia planetária.

No novo estudo, as amostraras lunares traziam relações entre os elementos químicos háfnio e tungstênio. As medições utilizaram técnicas baseadas em espectrometria de massas com plasma. Essa tecnologia é relativamente nova e, por isso, não estava disponível anos atrás.