facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 28 de fevereiro de 2020

Cultura

Sesc Arcoverde apresenta curta metragem

Programação acontece de 2 a 5 de setembro e integra o cronograma cultural que antecede o projeto Aldeia Olho D´água dos Bredos. No dia 6, tem espetáculo com grupo convidado da Bahia.

Postado em 31/08/2019 2019 19:12 , Cultura. Atualizado em 31/08/2019 19:12

Programação acontece de 2 a 5 de setembro e integra o cronograma cultural que antecede o projeto Aldeia Olho D´água dos Bredos. No dia 6, tem espetáculo com grupo convidado da Bahia.

 Antecipando o projeto Aldeia Olho D´água dos Bredos, que acontece entre os dias  13 a 21 de setembro, o Sesc Arcoverde realiza a partir desta segunda-feira (02/09) o Curta Cena – Mostra de Sketch. Serão quatro dias de apresentações de esquetes. A programação conta com cinco espetáculos curtos, no Teatro Geraldo Barros (do dia 2 ao dia 5) e um espetáculo convidado na Estação da Cultura (no dia 6). A entrada será de 1 kg de alimento não-perecível no Teatro; já na Estação, o público pode pagar o quanto puder. As apresentações serão sempre a partir das 20h.

Programação

Na segunda (02) serão apresentados dois esquetes: “Escutando o Silêncio”, com direção de Isabelly Torres; e “Admissão, Catarse e Recomeço”, dirigido por Roosevelt Leonardo. Na terça (03), é a vez de “Rodrigo no Terraço”, de Danielly Lima. “Razão do Tempo”, de Carlos Alberto, será apresentado na quarta (04).

Espetáculo convidado

Encerrando a programação no Teatro Geraldo Barros, “O Pai”, dirigido por Everson Melo será encenado na quinta (05). Todos esses textos foram extraídos de contos da obra “As coisas”, de Tobias Carvalho, vencedor do Prêmio Sesc de Literatura em 2018. O espetáculo convidado será apresentado na sexta (06), na Estação da Cultura:“Impopstor” é do grupo Nata, Núcleo Afro-brasileiro de Teatro de Alagoinhas (BA).

Objetivo

O projeto Curta Cena surgiu  de uma iniciativa do Sesc Arcoverde e tem como objetivos promover a apresentação de espetáculos de curta duração dirigidos por profissionais estreantes de Arcoverde; formar público e capacitar agentes culturais, entre outras propostas. “Com esta iniciativa, o projeto não só dinamiza o público interessado em teatro na unidade, como também atrai novos alunos que, provocados pelo fazer artístico, buscam um espaço que ofereça versatilidade na formação e a oportunidade de projetá-los no mercado profissional”, ressalta Jéssica Mendes, instrutora de atividades artísticas do Sesc Arcoverde.

A