Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 08 de março de 2021

Política

Circuito pernambucano de queijos artesanais

Localiza no Agreste Meridional do estado e conhecida pelo monumento natural que originou seu nome, a Pedra, a cidade de Pedra, além dos seus atrativos turístico é  também caracterizada como a maior bacia leiteira do estado

Postado em 25/09/2019 2019 12:08 , Política, Últimas Notícias. Atualizado em 25/09/2019 12:08

Monumento que caracteriza o nome do municipio, Pedra.

Localiza no Agreste Meridional do estado e conhecida pelo monumento natural que originou seu nome, a Pedra, a cidade de Pedra, além dos seus atrativos turístico é  também caracterizada como a maior bacia leiteira do estado. Sendo assim,  o município é responsável pelo abastecimento de várias queijarias do estado. Tendo como  objetivo incentivar a melhoria da qualidade dos produtos  da região e orientar os produtores quanto a melhor forma de comercialização de sua produção, o município recebeu no último dia 21,  o 3º circuito Pernambucano de Queijos Artesanais.

Vista da Pedra

Projeto

O projeto  desenvolvido pela Assembléia Legislativa de Pernambuco  com apoio da Prefeitura de Pedra (PE), visa o aprimoramento da atividade no estado.  O festival conseguiu  reunir 18 produtores de queijos artesanais da região, englobando, além da cidade,  de Pedra,  as cidades de Buíque, Venturosa, Alagoinha e São bento do Una, que juntas apresentaram    cerca de 23 produtos para avaliação.

 

 

Avaliação

“Receber um evento como este é de extrema importância para a nossa cidade e uma forma de incentivar vários produtores a sair da clandestinidade”, diz o prefeito.  Os consumidores estão cada vez mais exigentes e  têm  buscado no mercado produtos confiáveis e de boa qualidade,  por isso  a importância  do  selo de certificação,   endossando a origem e qualidade do produto. “O  município está mapeando todos os produtores de queijo da região para  orientar àqueles  que trabalham de forma clandestina a  inovar seus negócios,  para que possam crescer no mercado.”; destacou Osório Filho”.
A Assembleia vem aumentando muito o apoio a produtores de queijo artesanal, para isso foi instalada a Comissão Especial da Bacia Leiteira, que busca  centralizar as ações dos envolvidos no setor para que suas reivindicações possam ser levadas ao governo e aos órgãos competentes.

Queijos expostos para avaliação.

Incetivos Fiscais

Um projeto de lei já sancionado pelo governo do Estado, desburocratiza a produção de queijos com a promoção de incentivos fiscais ao setor e busca facilitar a instalação de empresas em Pernambuco. A nova determinação já simplificou inclusive, o processo de legalização das queijarias junto à Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro),  de forma que os produtores com registro nesta agência pudessem  emitir nota fiscal apenas com o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O governo ainda assinou um decreto que isenta o setor em 100% de ICMS e gera crédito presumido de 18% (desconto ao consumidor). O estado de Pernambuco produz dois milhões de litros de leite por dia.

No Circuito da Pedra os vencedores na categoria queijo de manteiga foram:

1.º Lugar: Laticínios Luiza – Venturosa
2.º Lugar: Laticínios Vale Lac – Pedra
3.º Lugar: Laticínios Santa Luzia – São Bento do Una
4.º Lugar: Laticínios Ramos – São Bento do Una
5.º Lugar: Laticínios Teresa – São Bento do Una

Na categoria queijo coalho os vencedores foram:

1.º Lugar: Laticínios Cober Lac – Alagoinha
2.º Lugar: Laticínios Luiza – Venturosa
3.º Lugar: Laticínios Caboclo – Pedra
4.º Lugar: Laticínios Queijo Nobre – Venturosa
5.º Lugar: Laticínios Leite Nobre – Venturosa

A Pedra receberá em 2020 uma nova edição do circuito dentro do Festival Cultural da Juventude.