facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 20 de outubro de 2020

Esportes

Brasil conquista sete medalhas no terceiro dia dos JMM, na China

O nadador olímpico João Gomes Júnior foi ouro nos 50m peito

Postado em 22/10/2019 2019 10:00 , Esportes, Últimas Notícias. Atualizado em 21/10/2019 20:45

O Time Militar Brasil subiu ao pódio sete vezes ontem (21), nos Jogos Mundiais Militares (JMM),

No hipismo, o cavaleiro tenente-coronel Cláudio Goggia conquistou a prata no individual modalidade saltos. O primeiro lugar ficou com o italiano Massimiliano Biachi, e o bronze com o chinês Lixin Mao.

A seleção militar conquistou ainda três bronzes para o Brasil: na ginástica artística, o atleta olímpico da ginástica Caio Souza ficou em terceiro lugar no individual geral ao somar 82.331 pontos; as duas primeiras posições – ouro e prata respectivamente –  ficaram com os chineses Ruoteng Xiao (86.265) e Shudi Deng (84.432). E na modalidade Livesaving (salvamento aquático) mais dois bronzes: um conquistado pela sargento Fernanda Andrade nos 100m resgate em dois estilos (nesta prova, são 50m livre, e nos 50m restantes o atleta resgata o manequim e o carrega até a borda da piscina); e o outro bronze ficou com a equipe brasileira, formada por Thamy Ventorin, Thais Xavier, Priscila de Souza e Fernanda Andrade: elas venceram a prova de revezamento de manequim 4 x 25m.

Com os triunfos conquistados, o Brasil ocupa a quarta posição no quadro geral,  com 22 medalhas (3 ouros, 8 pratas e 11 bronzes).  A China lidera o ranking com 70 medalhas (41 ouros, 16 pratas, e 13 bronzes),  seguida pela Rússia, com 51 (18 ouros, 17 pratas e 16 bronzes) e pela Alemanha, terceira colocada, com 13 medalhas (4 ouros, 3 pratas e 6 bronzes) .

Vôlei Feminino na final

A equipe militar brasileira venceu ontem (21) a semifinal contra a Coréia do Norte e assegurou presença na grande final contra a anfitriã China, amanhã,  às 8h30 (horário de Brasília). As brasileiras começaram atrás contra as norte coreanas: perderam o primeiro set por 25/19, mas empataram o jogo na parcial seguinte ao ganharem por 25/14. Depois seguiram dominando a partida, fechando na frente o terceiro set (25/23) e o quarto set (25/16), selando a vitória por 3 sets a 1.

A equipe masculina também foi bem: triunfou sobre o Catar por 3 sets a 0 (parciais 25/12, 25/20 e 25/20). Amanhã, o time masculino enfrenta a China, dona da casa, pela terceira rodada do Grupo A.

Duplas de vôlei estreiam bem nos JMM

A experiência contou a favor das duas duplas de vôlei feminino, que fizeram seu primeiro jogo hoje (21),  Bem afinadas, Talita Antunes e Taiana Lima passaram fácil pelas adversárias do Sri Lanka Alawaththage e Alanda Bogah: vitória por 2 sets a 0 (parciais de 21/6 e 21/9).

As parceiras Duda Lisboa e Ágatlha Rippel, que vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, também não tiveram dificuldades para derrotar a derrotar a dupla de Rwanda Munezero e Ana Musabyim, por 2 sets a 0 (parciais 21/8 e 21/5).

Tiro com arco

O arqueiro olímpico Bernardo Oliveira perdeu a chance de ir à final da modalidade, ao ser derrotado hoje (21) pelo italiano Marco Galliazzo, pelo placar de 6 a 2.  O brasileiro vai decidir a medalha de bronze com o chinês Kaiyao Qi, na virada de quarta para quinta-feira (24), à meia-noite (horário de Brasília).

Baquete Feminino invicto

A seleção militar feminina de Baquete chegou hoje (21) à terceira vitória consecutiva, ao derrotar a França, por 68 a 57. As próximas adversárias serão as candenses, na próxima quarta-feira (23), às 2h (horário de Brasília).

Tiro com arco

O arqueiro olímpico Bernardo Oliveira perdeu a chance de ir à final da modalidade ao ser derrotado hoje (21) pelo italiano Marco Galliazzo pelo placar de 6 a 2.  O brasileiro vai decidir a medalha de bronze com o chinês Kaiyao Qi, na virada de quarta para quinta-feira (24), à meia-noite (horário de Brasília)

Fonte: Ag. Brasil