facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 25 de maio de 2020

sertão-on

Tradição da Semana Santa chega a comunidades vulneráveis de Petrolina

Segundo a Codevasf, o momento de calamidade de saúde e econômica enfrentada pelo país foi o principal incentivo para a ação, sendo uma verdadeira demonstração de esperança em meio às dificuldades.

Postado em 10/04/2020 2020 12:20 , sertão-on, Últimas Notícias. Atualizado em 10/04/2020 12:37

 Manter a tradição cristã de comer peixe na Semana Santa, não parece ser uma opção para as famílias que vivem em condições de vulnerabilidade. Contudo, a partir de um gesto solidário realizado pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), mais de 1,5mil kg de tilápias e tambaquis foram doados para o programa solidário Transforma Petrolina. As doações foram destinadas à várias comunidades, com famílias em situação e vulnerabilidade, e projetos sociais, como abrigo para idosos e centros de apoio a dependentes químicos.

Segundo a Codevasf, o momento de calamidade de saúde e econômica enfrentada pelo país foi o principal incentivo para a ação, sendo uma verdadeira demonstração de esperança em meio às dificuldades. “Nesta quinta-feira de uma semana santa tão diferente, tentamos fazer a diferença na vida de outras pessoas. Foi muito bom poder ver um olhar de alegria no rosto do nosso povo em um momento de tanta apreensão”, afirma Aurivalter Cordeiro, superintendente da Codevasf.

Os pescados são oriundo de criatórios da própria instituição. Diversas famílias de ocupações na Vila Marcela, Cruz de Salinas e outras regiões foram beneficiadas. Entre os projetos sociais que contaram com as doações, estão os abrigos de idosos Cantinho de Aconchego e Casa de Vó. “É uma doação muito importante, num tempo difícil. A maioria dessas famílias é cristã e não tem a opção de comer peixe na Semana Santa. Então, essa doação propiciada pela Codevasf é farta em simbolismo, permite o alimento, como também celebra a fé numa época de muita dificuldade”, finaliza a coordenadora do Transforma Petrolina, Lara Secchi Coelho.

FOTO ALEXANDRE JUSTINO