facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de setembro de 2020

Política

Sérgio Moro Deixa Ministério da Justiça

O ministro sempre defendeu a autonomia da PF e das instituições de controle na área de justiça e da Integração com as forças de segurança,

Postado em 24/04/2020 2020 13:06 , Política, Últimas Notícias. Atualizado em 24/04/2020 13:06

Por não concordar com a exoneração do Diretor Geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o ministro da Justiça Sérgio Moro pede exoneração do cargo.

Sérgio Mouro falou sobre os compromissos assumidos quando assumiu o Ministério da Justiça e evidenciou a carta branca dada por Bolsonaro frente aos trabalhos no ministério.

E alegou que apesar de ter conversado ontem com o presidente sobre o desligamento do Diretor Geral da Polícia Federal, foi surpreendido hoje pela madrugada com a noticia de sua exoneração por meio do Diário Oficial. Mouro disse ao presidente que até concordaria com a substituição do diretor da PF, desde que soubesse o motivo de seu desligamento e de quem o substituiria, defendendo mais uma vez a independência da Polícia Federal.

O ministro sempre defendeu a autonomia da PF e das instituições de controle na área de justiça e da Integração com as forças de segurança, falou de sua atuação e do fortalecimento da PF, com a criação dos órgãos de controle de fronteira e inteligência. Ver a troca do comando da PF como pressão política. O ministro alegou já ter havido algumas divergências e convergência em algumas situações, com o presidente. Mas desta vez, não tinha como aceitar essa substituição. Que tinha um compromisso assumido com o presidente, onde a escolha técnica do dirigente seria isenta de interferência política.