Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de maio de 2024

Cultura

Cais do Sertão é finalista do Prêmio Rodrigo de Melo Franco

Museu disputa prêmio com outras dez instituições pernambucanas

Postado em 17/08/2020 2020 10:20 , Cultura, Últimas Notícias. Atualizado em 17/08/2020 10:20

Atividades musical realizada na sala Imbalante – Foto: (Chico Andrade)

O museu Cais do Sertão, que possui o objetivo de proporcionar representatividade por meio do seu acervo, é finalista da 33ª edição do Prêmio Rodrigo de Melo Franco. A instituição, que disputa o prêmio com outras dez instituições pernambucanas, concorre através das suas atividades interativas desenvolvidas na sala Imbalança, que permite ao visitante experiência completa de formação musical nordestina. O secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, comenta a conquista do Museu, “desde o seu nascimento, o Cais tem sido fundamental para a propagação da cultura genuinamente nordestina, que vem do Sertão e desembarca no Capibaribe. Sermos finalistas do prêmio nos honra e nos motiva a fortalecer ainda mais o papel do Cais como instrumento de difusão e manutenção das nossas riquezas culturais”, comenta Rodrigo Novaes, secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco.

O Prêmio Rodrigo de Melo Franco é realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), desde o ano de 1987. A iniciativa dedica-se à valorizar os espaços e projetos que visam à preservação cultural do País. A edição deste ano recebeu um número recorde de inscrições 515. Na etapa final, serão selecionadas 12 ações no campo do Patrimônio Cultural Brasileiro. O valor da premiação para cada vencedor é de R$ 20 mil. Conheça o Cais do Sertão neste link.