Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 25 de julho de 2021

Saúde

A síndrome de burnout: sofrimento psíquico no trabalho por Daniel Lima

Hoje Daniel fala sobre a síndrome de burnout: sofrimento psíquico, provocado pela exaustão no trabalho e diz que atualmente, esse é um sofrimento muito comum na vida dos profissionais em atividade.

Postado em 24/03/2021 2021 13:22 , Saúde. Atualizado em 24/03/2021 14:43

Colunista

Daniel Lima – Teólogo, Filósofo e Psicanalista/GBPSF/ISFN. @daniellima.pe

Atualmente, ainda que sufocante, é normal os trabalhadores manterem uma jornada de trabalho exaustiva e contínua. Contudo, esse tipo de hábito desencadeia uma série de problemas que afetam sua vida pessoal e profissional. Já ouviu falar em Síndrome de Burnout? Atualmente é um sofrimento muito comum nas empresas e na vida dos profissionais ativos. Segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (Anamt) a síndrome de burnout atinge cerca de 30% dos mais de 100 milhões de trabalhadores no Brasil (fonte: jornal.usp.br). E isso tende a aumentar daqui pra frente. A falta de limite quando se trabalha home office e a cobrança por resultados e produtividade tem feito as pessoas trabalharem mais e mais, somado ao medo de desemprego e de contrair covid-19.

Mas o que é síndrome de Burnout? É um distúrbio emotivo sinalizado pelo estresse, exaustão e esgotamento físico. Também denominada a síndrome da estafa profissional, foi descrita pela primeira vez pelo psicólogo H.J. Freudenberger, no ano de 1974, para descrever um sentimento de fracasso e exaustão causado por um excessivo desgaste de energia, força e recursos. Essa síndrome constitui um quadro bem definido, caracterizado por exaustão emocional, despersonalização e redução da realização pessoal. A exaustão emocional representa o esgotamento dos recursos emocionais do indivíduo. Trata-se de um aspecto fundamental para caracterizar a síndrome de estafa (burnout), já que suas outras características podem ser encontradas nos quadros depressivos em geral. 



Diante desse cenário de estresse e esgotamento, aparece também o medo de ser julgado como fraco e que não dá conta da pressão. Todavia, apesar do nome complicado, não é tão difícil identificar a síndrome de Burnout. Aliás, em tradução livre ao português, significa “queima, combustão”. Com isso, deduzimos um nervosismo contínuo e problemas físicos, bem como sofrimento psicológico e emocional. A exaustão emocional é consequência de diversos acontecimentos, que aos poucos acabam com a nossa energia. Nem sempre é de repente, então fique atento aos sinais. Os sintomas físicos associados ao desgaste incluem cefaleia, alterações gastrointestinais e insônia, entre outros. As consequências da síndrome da estafa profissional podem ser graves, incluindo desmotivação, frustração, depressão e dependência de drogas. O desgaste acaba refletindo também nas relações familiares (separações, maus tratos) e no trabalho, determinando diminuição importante do rendimento e aumento de absenteísmo.

A psicoterapia (psicologia ou psicanálise) pode ajudar intervir porque ela gera no indivíduo reflexões que podem fazer um recondicionamento da própria vida, priorizando aquilo que for importante para o sujeito. Além dela, muitas vezes também se faz necessário procurar um médico psiquiatra para uso de medicamentos podem diminuir os sintomas causados pela síndrome de burnout. Sem contar também que aliviam outros malefícios físicos decorrentes dessa rotina, como impulsos e irritabilidade. Perceba-se e não deixe de se cuidar! Não hesite em procurar ajuda profissional!

 

Quem é Daniel Lima Gonçalves – Psicanalista, Filósofo e Teólogo.
Membro do Grupo Brasileiro de Pesquisas Sándor Ferenczi – GBPSF; Membro da International Sándor Ferenczi Network – ISFN; Membro Emérito – Sociedade Pernambucana de Estudos Psicanalíticos – SPEP; Estudo Permanente em Psicanálise no Instituto Nebulosa Marginal – INM; Especialista em Psicanálise e Teoria Analítica – FATIN; Especialista em Filosofia e Autoconhecimento – PUCRS; Extensão em Certificação Profissional em Neurociências – PUCRS; Pós-graduando em Ciências Humanas – PUCRS; Cursando Formação na clínica psicanalítica com adultos – CPPLRecife.
@psicanalisedaniellima daniellimagoncalves.pe@gmail.com