Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 18 de junho de 2021

Culinária

Um Doce da Flora Sertaneja feito de Coroa de Frade

Doce de Coroa de Frade, essa é a receita desta semana,  trazida  pela colunista de culinária do JS Hélida Enes, para adoçar o seu paladar com essa delícia da Caatinga. 

Postado em 02/05/2021 2021 10:00 , Culinária. Atualizado em 02/05/2021 13:44

Foto Extraida do Video Intagram de Juci Melo

Estamos hoje finalizando as comemorações da  Semana da Caatinga:  o Sertão se regozija por ter mostrado  durante a semana,  seu  encantador e exuberante tesouro natural. 

A  caatinga com sua beleza e as peculiaridades de sua Fauna e  Flora, carregam  encantos surpreendentes de cores e sabores ocultos nesse bioma da natureza.

E para marcar a  “Semana da Caatinga”, a refinada Chef Juci Melo, criadora do Restaurante Flor do Mandacaru em Petrolina, nos traz a magia de um prato de Coroa de Frade da flora da caatinga

Ela nos brinda com um delicioso Doce  uma receita que aprendeu a fazer com sua avó Umbelina usando uma planta da Caatinga como principal ingrediente dessa culinária, O Cacto Coroa de Frade, uma planta que exige poucos nutrientes do solo  e da água, mas rico em benefícios para o organismo, tanto em valor nutritivo, revigorante, tônico e propriedades expectorantes.

 

Salve a Caatinga!

Alerta : Não podemos  retirar a coroa de Frade da Caatinga ,  Juci  diz que usa a coroa de Frade de sua plantação e que o Mandacaru e o  Facheiro regeneram,  enquanto a Coroa de Frade não.

Vamos ao modo de preparo deste Saboroso Doce!!!

1 Coroa de Frade

1 Um coco 

300 G de Rapadura 

2 Pauzinhos de Canela 

3 Cravos 

 Tire os espinhos da coroa de frade usando um alicate.

Retire a casca. 

Retire a Polpa.

Rale a popa.

Lave bem a polpa que foi ralada até sair o visgo .

Triture o coco no liquidificador junte com a polpa da coroa de frade, com os 300 gramas de rapadura e 2 pauzinhos de canela três cravos e  leve ao fogo. Até desgrudar do fundo da panela. Está pronto, sirva e decore seu prato !

Foto Extraida do Video Intagram de Juci Melo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre as Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs) na vida da Chef Juci Melo

Antes mesmo das Pancs fazerem a cabeça dos chefes, essas plantas que brotam com facilidade em qualquer canteiro do Sertão já eram um hábito para a chef  Juci Melo, Natural de Campo Santo, na época zona rural de Petrolina e hoje distrito do município de Santa Filomena, ela cresceu provando os pratos preparados por sua avó, que sempre incluíam as Pancs.

Foto Intagram de Juci Melo

 

 

 

 

 

 

 

 

Anos depois, realizando pesquisas, conversando com especialistas e observando as riquezas da mata branca, passou a utilizar sementes, caules, flores, folhas e frutos para criar e incrementar bebidas, pratos saborosos e com forte identidade cultural, que são servidos em seu restaurante – o Flor de Mandacaru, que existe há 11 anos em Petrolina.