Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 19 de junho de 2021

Cidades

Vias do Sertão do São Francisco ganham projeto de requalificação

Após longo tempo sem qualquer tipo de manutenção, a PE-574, na cidade de Lagoa Grande, e PE-550, em Santa Maria da Boa Vista, ganharam projeto de requalificação do governo estadual. Investimento total será de R$58,4 milhões e faz parte do programa Caminhos de Pernambuco. ““Essas estradas, principais via de escoamento da produção de vinícolas e indústrias na região do São Francisco, encontram-se em estado de abandono e péssimas condições há mais de dois anos”, revela José Gualberto, presidente da Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale Do São Francisco, a Valexport.

Postado em 12/05/2021 2021 17:46 , Cidades. Atualizado em 12/05/2021 18:01

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Foto Divulgação

Com um aporte de mais de R$ 58,4 milhões, foi lançada, ontem, dia 11, licitação para requalificação da PE-574, na cidade de Lagoa Grande, e autorizado o início dos trabalhos de reestruturação da PE-550, em Santa Maria da Boa Vista.

A iniciativa, de acordo com o governo estadual, vai facilitar o deslocamento dos moradores da região e garantir mais mobilidade para o escoamento da produção local, que tem como fontes de geração de renda a fruticultura irrigada, a produção de vinho e a criação de ovinos, caprinos e peixes.


Valexport
considera obras bem-vindas, desde que execução seja garantida

Para o presidente da Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale Do São Francisco (Valexport), José Gualberto, a iniciativa, embora benéfica, chega com um atraso significante de dois anos. “Essas estradas, principais via de escoamento da produção de vinícolas e indústrias na região do São Francisco, encontram-se em estado de abandono e péssimas condições há mais de dois anos. A notícia dessas requalificações é, claro, bem-vinda, desde que de fato essas obras sejam executadas e que abranjam toda a extensão dessas vias, pois elas são fundamentais para a nossa região”, pondera.




Como se dará o projeto de requalificação das vias

De acordo com informações do governo do Estado, a contratação das obras da PE-574, em Lagoa Grande, compreende a extensão de 62,15 quilômetros e será realizada com recursos de R$ 3,8 milhões. O edital para contratação da empresa de engenharia já foi publicado no Diário Oficial do Estado. Os serviços devem ser iniciados ainda neste semestre e vão possibilitar uma mobilidade estruturada para que a produção de uvas e vinhos – principais atividades econômicas do município – seja distribuída no mercado de forma mais ágil.

Na PE-550, em Santa Maria da Boa Vista, foram iniciados os trabalhos, com a reconstrução do pavimento, serviços de drenagem e implantação da sinalização horizontal e vertical. As ações serão realizadas em duas etapas, nos 46,50 quilômetros da estrada. A primeira fase beneficiará 24,10 quilômetros, da entrada de Caraíbas até o Núcleo do Projeto Fulgêncio, com investimento de R$ 26,6 milhões. A execução dos serviços será realizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e deve ser concluída até janeiro de 2022.

Já a etapa seguinte vai da extensão do Projeto Fulgêncio ao entroncamento da PE-555, no distrito de Urimamã, com 22,4 quilômetros. A área do Perímetro Irrigado Fulgêncio, com mais de 15 mil moradores, tem a segunda maior produção de bananas de Pernambuco, além do cultivo de uva, manga, acerola e goiaba.