Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 28 de setembro de 2021

Política

Divergências em pesquisas esquentam polarização eleitoral no país Por Angelo Castelo Branco

A polarização entre Bolsonaristas e Lulistas cresce à revelia de coligações partidárias.

Postado em 16/05/2021 2021 10:50 , Política. Atualizado em 16/05/2021 10:40

Angelo Castelo Branco Jornalista e Escritor

Movimento de partidos tem pouca influência na corrida presidencial

Faltando um ano e sete meses para as eleições, a campanha presidencial começa a se radicalizar tendo como estopim a CPI da Covid no Senado e o desencontro de números em pesquisas de intenções de voto. A polarização entre Bolsonaristas e Lulistas cresce à revelia de coligações partidárias. Os movimentos de partidos políticos parecem ter pouca ou nenhuma influência na cabeça do eleitor envolvido com as polêmicas. Inclusive o próprio presidente Bolsonaro segue sem filiação partidária.



 

A guerra das versões mistura imprensa com ideologias e candidatos

Menos de uma semana depois que o Instituto Paraná divulgou uma pesquisa revelando que Bolsonaro ganha para Lula no maior colégio eleitoral do país, que é o estado de São Paulo, o Datafolha, do grupo de comunicação Folha de São Paulo e fortemente criticado pelos bolsonaristas, publicou sua pesquisa dizendo que Lula leva ampla vantagem eleitoral no país. Em 2018 a Datafolha disse que Bolsonaro perderia para qualquer oponente no segundo turno. Esse equívoco tem sido usado pelos bolsonaristas para desacreditar o instituto. 

 

Mudanças repentinas causam dúvidas na eficácia das pesquisas

O sociólogo e professor Antonio Lavareda, um dos mais respeitados analistas de pesquisas do Brasil, trouxe mais ingredientes à polêmica. Tendo como base a pesquisa feita uma semana antes pela XP/Ipesp, onde Bolsonaro aparece com 42% e Lula com 29%, ele comenta que os 63% para Lula e os 37% para Bolsonaro na Data Folha não se justificariam em tão curto espaço de tempo.

JS Política

Quem é Angelo Castelo Branco : Jornalista e Escritor

Assessor de Comunicação do Ministério da Educação

Secretário de Impressa da Prefeitura do Recife

Gestor de Comunicação da Celpe depois da privatização pelo grupo Iberdrola.

Autor dos Livros: Provocações da Memória (2008) e Um Artífice do Entendimento biografia do Ex-vice presidente da República, Marco Maciel (2017) José Ramos e Roberto Magalhães.