Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 19 de junho de 2021

Política

Efeito didático da CPI expõe despreparo e fragilidades de políticos eleitos Por Angelo Castelo Branco

Despreparo e Fragilidade dos políticos eleitos no Brasil . A heroína da semana chama-se Nayara. O protagonismo da secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayara Pinheiro, na CPI da Pandemia, impactou e assumiu inesperadas proporções na mídia e nas redes sociais. Diante de políticos aparentemente desinformados sobre o que se passou no Amazonas, ela saiu da audiência maior do que os inquisidores.Uma nação no tomógrafo. A CPI da Pandemia tem contribuído para engrossar denúncias de todos os lados no atual processo de exposição das vísceras políticas e sociais do Brasil.A convocação de nove governadores para que sejam inquiridos no Senado pode marcar o início de um ciclo de ostensiva vigilância e de cobranças aos gestores dos estados

Postado em 30/05/2021 2021 11:50 , Política. Atualizado em 30/05/2021 11:50

Angelo Castelo Branco Jornalista e Escritor

A heroína da semana chama-se Nayara

O protagonismo da secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayara Pinheiro, na CPI da Pandemia, impactou e assumiu inesperadas proporções na mídia e nas redes sociais. Diante de políticos aparentemente desinformados sobre o que se passou no Amazonas, ela saiu da audiência maior do que os inquisidores. O constrangimento ficou por conta do senador pernambucano Humberto Costa, do PT. Costa não sabia que o ministério da Saúde havia deslocado mais de 300 médicos para atender o caos que se instalou em Manaus, e tomou uma lição da convidada.

 

Impacto negativo no cenário do Norte

O depoimento da médica Mayara Pinheiro revelou um bombástico descaso com que o sistema de saúde pública do Amazonas vem sendo tratado pelo governo daquele estado e pela prefeitura de Manaus. A descrição do quadro por ela encontrado ao desembarcar em Manaus, causou perplexidade e o silêncio da plateia na sala do Senado.



Uma nação no tomógrafo

A CPI da Pandemia tem contribuído para engrossar denúncias de todos os lados no atual processo de exposição das vísceras políticas e sociais do Brasil. Uma delas tem a ver com o “jogo do improviso e de empurra com a barriga” com que os graves problemas da nação vêm sendo sistematicamente tratados por gestores eleitos a cada quadriênio.

A convocação de nove governadores para que sejam inquiridos no Senado pode marcar o início de um ciclo de ostensiva vigilância e de cobranças aos gerentes dos estados. O descaso com a educação e a saúde pública está entranhado no comportamento dos governos desde muitas décadas sem que os responsáveis sejam punidos por condenarem seguidas gerações ao subemprego e à doença.

 

 

 

Quem é Angelo Castelo Branco : Jornalista e Escritor

Assessor de Comunicação do Ministério da Educação

Secretário de Impressa da Prefeitura do Recife

Gestor de Comunicação da Celpe depois da privatização pelo grupo Iberdrola.

Autor dos Livros: Provocações da Memória (2008) e Um Artífice do Entendimento biografia do Ex-vice presidente da República, Marco Maciel (2017) José Ramos e Roberto Magalhães.