Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 25 de setembro de 2021

Cidades

Cidades sertanejas promovem ações da Semana do Meio Ambiente com plantio de mudas nativas da Caatinga

A Semana do Meio Ambiente acontece com uma série de ações implementadas nas cidades de Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada e Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Entre as principais atividades, destaque para a revitalização de trechos localizados às margens do Rio São Francisco e do Rio Pajeú, além de vias de acesso e Áreas de Preservação Permanente (APPs),com plantio de mudas nativas da Caatinga. As ações são alusivas ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que será comemorado no sábado, dia 05 de junho.

Postado em 02/06/2021 2021 08:08 , Cidades. Atualizado em 02/06/2021 08:29

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Imagems Clas Comunicação

 

No próximo sábado, 5 de junho, será celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. E para marcar a data, cidades do Sertão pernambucano promovem nesta semana uma série de programações, com exposição, palestras,  e plantio de mudas nativas da Caatinga, bioma exclusivamente brasileiro.

 

Sete mil mudas nas margens do Rio São Francisco

Em Petrolina, no Sertão do São Francisco, a data será celebrada com o plantio de 7 mil mudas de plantas nativas da Caatinga, doadas pela Agrovale, que fica em Juazeiro – BA. As mudas serão plantadas às margens do Rio São Francisco, como parte do programa ‘Orla Nossa – Cidades Ribeirinhas’, da prefeitura do município. A proposta é recuperar a área da Orla II, que vai do Círculo Militar até o último restaurante da via beira rio.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da Agrovale, Thaisi Tavares, serão plantadas mudas como o marizeiro, ingazeiro, pau ferro, paineira, ipê roxo e caraibeira. “Espécies nativas da Caatinga mais adequadas para projetos de arborização, paisagismo, repovoamento e reflorestamento de áreas degradadas”, ressaltou.

A coordenadora destacou ainda que a doação é mais uma ação do projeto socioambiental ‘Viveiro de Mudas Nativas’, que completou 13 anos com a marca de 400 mil mudas doadas para 45 municípios dos Estados nordestinos da Bahia, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A doação destas mudas vem ampliando a cobertura verde das cidades e contribuindo para uma maior conscientização e sustentabilidade ambiental da biodiversidade regional.

O viveiro da empresa, que é a maior produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade – e também a que mais gera empregos na Bahia, ocupa uma área de 2 hectares com mais de 70 espécies de plantas nativas da Caatinga. “Neste Dia Mundial do Meio Ambiente estamos fazendo o que mais gostamos: a preservação dos ecossistemas da Caatinga e das matas ciliares do Rio São Francisco”, concluiu.



Serra Talhada com ciclovia temporária e mudômetro oficial

Em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, a prefeitura divulgou a programação do Junho Verde, com ações que serão realizadas durante todo o mês de junho. O lançamento da programação aconteceu na noite desta terça-feira (01), com a Reativação da Sala Verde, espaço de interatividade localizado na Praça do bairro AABB.

A programação do Junho Verde inclui ainda concurso de poesia “Pajeú na Ponta do Lápis”; plantio de mudas do programa Arboriza Serra, no terreno da Polícia Rodoviária Federal, às margens do Rio Pajeú; implementação de ciclovia temporária; lançamento da campanha “Descarte certo, na hora certa”; doação de mudas nativas e frutíferas; cadastro do IPTU Verde; exposição “Madeira em Movimento”; palestras e lançamento do E-book: Manual Descarte Certo Serra Talhada.

Uma novidade na cidade é um mudômetro lançado no portal da prefeitura na internet, onde a população poderá acompanhar diariamente a quantidade de mudas distribuídas no município. Até a segunda-feira (31) já haviam sido doadas 2.847 mudas do programa Arboriza Serra na capital do xaxado.

Lançamento do Junho Verde em Serra Talhada foto Ascom ST

 

Drive thru de mudas nativas

Com o tema “Cuidar do Meio Ambiente é Cuidar das Pessoas”, a abertura da Semana do Meio Ambiente também aconteceu nesta terça-feira (01) em Salgueiro, no Sertão Central, com o lançamento do programa Salgueiro Mais Verde, que tem a intenção de ampliar as áreas verdes da cidade com o plantio de 6 mil mudas. Na ocasião, houve drive thru com distribuição de mudas frutíferas e nativas, além de plantio de mudas na praça da Academia das Cidades.

Promovida prefeitura da cidade através da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, a programação é fruto de uma parceria com o IF Sertão, o grupo Rocha, a MG Engenharia e as secretarias de Educação e de Serviços Públicos. Entre as ações, temática da educação ambiental nas escolas municipais, plantio de mudas na Escola Baldoíno de Sá e palestra sobre solos do Semiárido, nesta quarta-feira (02); drive thru de distribuição de mudas, na quinta-feira (03); e encerramento com a ação educativa teatral Lixo Zero – Açude Velho, na sexta-feira (04).

 

Distribuição de mudas nativas na cidade de Salgueiro

 

Vias de acesso e áreas de preservação arborizadas em Arcoverde

Em Arcoverde, no Sertão do Moxotó, a meta da prefeitura é recuperar e arborizar pontos estratégicos da cidade, como vias de acesso e áreas de preservação. A programação teve início na segunda-feira (31), com a recuperação de uma Área de Preservação Permanente (APP), onde foram plantadas mudas nativas, garantindo a biodiversidade local.

“Uma ação importante, onde representantes da população estiveram presentes e efetivaram o plantio de mudas, contribuindo com a preservação ambiental da cidade”, destacou a diretora de Meio Ambiente do município, Jaqueline Coelho, nas redes sociais.

Revitalização de acesso à cidade de Arcoverde Foto Ascom Arcoverde

 

Outra ação desenvolvida pela prefeitura local no segundo dia de atividades nesta terça-feira (02) foi o plantio de mudas nativas da Caatinga em uma das principais vias de acesso à cidade, localizada na Rodovia Eraldo Gueiros Leite, nas imediações do bairro da Boa Vista.

“Estamos favorecendo esta localidade, que era uma área onde as pessoas jogavam lixo e metralha, que agora novas mudas possam incentivar a preservação ambiental e também garantir o paisagismo, transformando em breve aquela imagem de desprezo que tínhamos deste local em mais um canteiro ambiental devidamente recuperado”, concluiu a diretora de Meio Ambiente. A série de atividades em Arcoverde segue até o próximo sábado, 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.