Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 19 de junho de 2021

Cultura

A lenda da Serpente do Açude de Triunfo

Conheça a lenda do misterioso Bebê Serpente que nasceu no açude de Cidade de Triunfo no Sertão do Pajeú .
E mais, reza a lenda que uma serpente viveu durante muitos anos escondida no fundo do açude e um dia assombrou a cidade quando entrou na missa à procura de sua mãe !

Postado em 11/06/2021 2021 10:58 , Cultura. Atualizado em 11/06/2021 11:57

Jornalista , Editor Antônio José em Cultura

Parece que as serpentes gigantes são criaturas que vivem assombrando o sertão de Pernambuco. 

Saiba que nem mesmo a pacata Triunfo, a cidade mais alta do Estado, com o seu clima frio e os seus pouco mais de 15 mil habitantes, escapa das magias das lendas que envolvem serpentes  gigantes.

 Existe um velho ditado que afirma que o nosso passado, vez ou outra, sempre volta para nos assombrar. Foi em Triunfo onde esse dito tomou forma, tamanho e cor, materializando-se  em uma das lendas presentes no imaginário popular da pacata cidade.

Foto Bruno Alexandre

O segredo da malévola mãe que jogou seu filho bebê no açude 

Reza a lenda que, após uma gravidez indesejada, uma mulher jogou o bebê recém-nascido nas águas geladas do açude, localizado no centro da cidade. Acontece que o ato de crueldade foi transformado pela magia das águas. De maneira misteriosa, o bebê não morreu e acabou se transformando em uma cobra gigante, ficando por muito tempo escondida no fundo do açude. 

E agora como segredo foi  revelado 

Mas, como não existe segredo que permaneça guardado para sempre, um dia a conta chegou e foi como uma em cena de novela que a mãe cruel foi desmascarada. 



E mais,  enquanto o padre celebrava a missa na igreja matriz da cidade, a serpente gigante saiu do fundo do açude e entrou no templo a procura de sua mãe, que tentava se esconder entre as beatas que não pediam uma missa. Sem sucesso, a mulher logo foi desmascarada. 

Mas que horror,  a misteriosa serpente rastejou até ela e, de maneira abrupta, abocanhou os seus seios em busca do leite que lhe fora negado no nascimento, deixando todo mundo de boca aberta.

Finalmente enquanto todos observavam incrédulos a inusitada situação, a serpente gigante se transformou novamente no bebê jogado no lago e minutos depois sumiu de maneira misteriosa.

E  até hoje não se sabe o paradeiro da mãe desnaturada e tão pouco do bebê serpente, porém, muitos ainda acreditam que a cobra voltou para o fundo do açude, onde vive até hoje. 

A lenda ficou tão famosa que fez parte de um livro em 2014. A obra intitulada de Histórias Fantásticas de um Sertão Chamado Triunfo, de autoria da professora Maria Helena de Pádua. 

Além disso, a história também fez parte dos contos e causos do Blog O Recife Assombrado. 

 

Bruno Alexandre. Licenciado em química e professor de ciências no ensino fundamental II, em Petrolina. Conta lendas, causos e histórias sobre o sertão no tik tok e no Instagram.