Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 04 de agosto de 2021

Saúde

Covid-19: Avanço na vacinação mantém ocupação dos leitos de UTI’s entre 25% e 50% no Sertão

O avanço na campanha de vacinação contra Covid-19 tem reduzido diretamente os números de internamentos e óbitos pela doença no Sertão de Pernambuco. A taxa média de ocupação dos leitos de UTI’s vem se mantendo abaixo dos 50% nas últimas semanas. Petrolina está com 25%, Serra Talhada com 30%, Afogados da Ingazeira com 30%, Salgueiro com 45% e Arcoverde com 50%. Sebastião Duque, diretor do Hospital Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira, explica que há uma tendência de queda no número de internamentos, casos graves e óbitos.

Postado em 22/07/2021 2021 17:00 , Saúde. Atualizado em 22/07/2021 17:00

Jornalista , Editor Antônio José em Saúde

 

Imagem PMP

 

A taxa média de ocupação dos leitos de UTI’s vem se mantendo abaixo dos 50% nas últimas semanas nos hospitais de Petrolina, Arcoverde, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Salgueiro.

O Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, está nesta quinta-feira (22/07) com 09 pacientes internados na UTI, o que corresponde a 30% de ocupação dos 30 leitos de terapia intensiva instalados na unidade. Na ala respiratória, os 10 leitos de enfermaria estão sem pacientes.

Diretor do Hospital Emília Câmara, o médico Sebastião Duque explica que em três semanas a ocupação da unidade caiu de 100% para menos de 50%. “Temos uma tendência de queda que vem se mantendo há três semanas, ficando a ocupação dos leitos de UTI e da ala respiratória abaixo dos 50%. Em relação aos óbitos, os números vêm diminuindo consideravelmente, onde temos observado que os pacientes chegam à unidade com quadros menos graves. Não é coincidência, é tendência de redução de números a partir das vacinas”, afirmou Sebastião Duque.

Em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, foram contabilizados 30 pacientes de Covid-19 internados na rede pública da cidade nesta quarta-feira (21/07), com 30% de ocupação dos leitos de UTIS.



O Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães – Hospam estava com 60% de ocupação, com 06 pacientes serra-talhadenses na UTI e 03 na enfermaria da unidade. O Hospital Eduardo Campos apresentava 26% de ocupação dos leitos de UTI, com 21 pacientes de terapia intensiva internados, sendo 07 serra-talhadenses. Não havia pacientes nos leitos clínicos da unidade.

Os Leitos de Retaguarda instalados no Hospital São José pela Prefeitura de Serra Talhada estão sem pacientes desde o último domingo, 18 de julho. No início do mês, os leitos permaneceram sem pacientes internados por uma semana.

A tendência de queda se mantém em Petrolina, onde a taxa de ocupação caiu para 25,6%. Nesta quarta-feira (21/07), dos 82 leitos de UTI’s disponíveis, 21 estavam ocupados. Doze pacientes são de Petrolina e nove de outras cidades da região, isso representa um índice de 25,6% de ocupação.

Em Arcoverde, no Sertão do Moxotó, a taxa de ocupação nesta quarta-feira (21/07) era de 50% dos 30 leitos de UTIS. O Hospital Regional Ruy de Barros Correia estava com 45% das 20 vagas de UTI e 0% das 10 de enfermaria ocupadas. No Hospital Memorial Arcoverde, 60% dos 10 leitos de UTI estão preenchidos. E no Hospital de Campanha, dos 30 leitos de enfermaria, 6% se encontram ocupados.

Salgueiro, no Sertão Central, estava nesta quinta-feira (21/07) com 45% dos leitos de UTI’s ocupados no Hospital Regional Inácio de Sá, o que corresponde a 9 pacientes internados nos 20 leitos de terapia intensiva da unidade. No Hospital de Campanha, havia apenas um paciente internado nos 24 leitos clínicos disponíveis, o que corresponde a 4,2%.

Vacinômetro

Até a terça-feira 20 de julho, Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, havia vacinado 64% da população em geral acima de 18 anos com primeira dose e 38% com segunda dose. São 33.155 vacinas de primeira dose e 19.720 de segunda dose e dose única, somando 52.875 doses aplicadas. A cidade está vacinando a população sem comorbidades a partir de 30 anos.

Arcoverde, no Sertão do Moxotó, aplicou até a quarta-feira, 21 de julho, um total de 49.035 doses. São 31.848 vacinas de primeira dose e 10.417 de segunda dose, além de 6.770 dose única. A cidade está vacinando a população sem comorbidades a partir de 30 anos e com comorbidades a partir de 18 anos.

Em Petrolina, no Sertão do São Francisco, foram aplicadas 156.786 doses de acordo com o vacinômetro disponibilizado no portal da prefeitura na internet. A cidade liberou o cadastramento para o público em geral a partir de 35 anos.

Em Araripina, no Sertão do Araripe, foram aplicadas 39.121 doses, sendo 29.940 vacinas de primeira dose e 9.181 segunda dose, segundo dados do portal da transparência do município. A cidade começa a vacinar nesta sexta-feira, 23 de julho, o público em geral a partir d2 38 anos.

Em Salgueiro, no Sertão Central, até o momento foram aplicadas um total de 47.334 doses. São 32.370 vacinas de primeira dose, 14.475 de segunda dose e 489 de dose única. A cidade está vacinando a população sem comorbidades a partir de 30 anos.