Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Economia

Os desafios da comunicação nas empresas

A comunicação interna é um termo que vai além da troca de informações na empresa. Quando bem estruturada e possui o engajamento dos líderes e liderados, pode evitar muitos atritos e problemas. 

Postado em 09/08/2021 2021 17:57 , Economia. Atualizado em 09/08/2021 15:02

Tikinha Albuquerque Master Coach Escreve a Coluna Empreendedorismo para o JS Foto : Arquivo Pessoal

Por outro lado, se a comunicação  é falha e ineficiente, pode ser a fonte de erros nos processos e desentendimentos nas relações e gargalos na empresa. 

No entanto, são muitos e rotineiros os desafios que tanto a liderança quanto os colaboradores enfrentam para manter uma transmissão e compartilhamento de informações transparente, atualizado e saudável.  Entenda quais são os principais desafios da comunicação interna e algumas orientações para superá-los. Vamos conferir quais são os 5 desafios principais da comunicação interna para entendermos a fonte dos problemas enfrentados. 

 

  1. Falta de alinhamento nos setores da empresa

Cada departamento da sua empresa tem uma maneira de se comunicar? Os colaboradores não estão a par dos processos? Cada um segue uma forma de transmitir informações? O X da questão pode estar nas respostas acima. Primeiramente, todos os envolvidos na empresa, até mesmo fornecedores e clientes, necessitam estar alinhados sobre a missão e os valores da empresa.  E qual a importância disso? O modo de agir, pensar e trabalhar da empresa e dos colaboradores precisam “falar a mesma língua”. Dessa forma, a sua comunicação interna e externa será mais clara e eficiente.   

 

  1. Falta de engajamento

Você já viu alguma empresa que obteve sucesso sem engajamento dos seus colaboradores? O termo “vestir a camisa da empresa” pode parecer clichê do RH, entretanto a importância dele é um elemento que não pode ser discutido, e atualmente falamos que vestir a camisa já não é mais o suficiente é necessário “suar” a camisa.

Profissionais engajados se preocupam com o sucesso da empresa e tratam os negócios como se fossem deles. Dessa forma  prezam pela comunicação sem ruídos, eficiente e ativa, principalmente, transparente e atualizada. Por outro lado, a ausência de engajamento é uma das principais fontes de baixa performance em produtividade.  

 

  1. Clima organizacional negativo

A comunicação interna não será transparente e eficiente se os colaboradores sentirem-se adversários. Problemas no relacionamento entre os funcionários é uma barreira, já que pode resultar em competições nada saudáveis e falta de cooperação ao transmitir as informações. O bom clima organizacional é o principal responsável por manter colaboradores engajados, com bons resultados no trabalho em equipe e pensando em melhores soluções para o negócio.

Imagem Divulgação

 

  1. Falhas na comunicação vertical

A comunicação vertical é aquela que acontece entre a liderança e os seus liderados (ou vice e versa). Entretanto, não é raro encontrar colaboradores que se queixam das dificuldades de chegar até as lideranças e têm problemas de comunicação com os seus superiores. Além disso, ainda há líderes que não são tão abertos à comunicação entre os demais níveis hierárquicos. Esse é um dos desafios da comunicação interna que podem levar à falta de engajamento. Afinal, os colaboradores podem desenvolver o sentimento de que não fazem parte da empresa e que não passam de meros subordinados. A falta de habilidade em se comunicar e manter as portas abertas também é um empecilho, pois os colaboradores passam a não ter confiança e abertura com os seus superiores.  

 

  1. Falta de Habilidade de Comunicação do Líder Imediato

incluir e desenvolver as pessoas no processo de comunicação é um dos maiores desafios enfrentados pelos líderes. É papel da liderança conectar os interesses, metas, objetivos e resultados da empresa e dos colaboradores. Quando essa ponte falha,  o fluxo de informações se perde, as estratégias têm baixa performance e há uma desconexão entre líderes e liderados. Os superiores têm grandes impactos na vida profissional dos seus colaboradores.  Por isso, se as demandas de trabalho, as estratégias, as metas, os objetivos e a missão da empresa não são transmitidos com clareza, problemas começam a surgir. Os principais estão relacionados à queda de produtividade, comunicação falha e resultados abaixo do esperado.  

 

Como superar as barreiras da comunicação interna

Os desafios da comunicação interna prejudicam todo o andamento do negócio. Porém, a boa notícia é que nenhum deles é impossível de ser solucionado. A seguir, vejamos algumas ações que podem ser colocadas em prática. 

 

Gestão e retenção de talentos

A gestão de talentos não envolve somente os processos de recrutamento e seleção. Também faz parte  o acompanhamento dos colaboradores que atuam na empresa. Por meio dessa gestão, se traça estratégias, metas e programas que melhorem tanto o clima organizacional quanto o engajamento dos colaboradores. Dessa maneira, o líder mantém os colaboradores alinhados em relação à missão e os valores da empresa. 

Com o processo da gestão de talentos, você já consegue trabalhar três barreiras da comunicação: engajamento, alinhamento aos valores e clima organizacional.  

 

Abertura por parte da liderança

Outra maneira de solucionar muitos desafios da comunicação interna é por meio da receptividade e da abertura da liderança. Os colaboradores não podem encontrar barreiras para se comunicarem com os seus superiores.  Então, o ideal é que a empresa mantenha um canal transparente para comunicação entre líderes e liderados. Essa também é uma maneira de ter mais eficiência nas atividades da empresa.  

 

A importância da escuta ativa

A escuta ativa é o termo que define o processo de um diálogo aberto, eficiente e transparente. Com isso, a empresa flui de maneira mais saudável. Um dos pilares da escuta ativa é quebrar barreiras de comunicação, para que seja estabelecido um processo linear nessa troca de informações.  Além de reduzir conflitos organizacionais, esse tipo de escuta pode estimular o trabalho em equipe. Afinal, o trabalho em conjunto será exercido de maneira mais fácil, sem desentendimentos e, principalmente, sem o estresse da competição não saudável.  A comunicação interna é a solução para a maioria das questões que ocorrem dentro das empresas, porém, quando não acontece de maneira saudável, ela também pode  ser a causadora de grandes problemas. Sendo assim, é importante traçar estratégias para que a troca de informações ocorra de maneira eficiente e sem barreiras e conte com o engajamento de todos, incluindo a liderança.  

   

Tikinha Albuquerque

09/08/2021