Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Cidades

Central de Regulação do SAMU é entregue oficialmente ao consórcios de municípios do Pajeú

Na última terça-feira (17/08), o Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú – Cimpajeú recebeu oficialmente a sede da Central de Regulação do SAMU Consorciado da III Macrorregional de Saúde de Pernambuco.

Postado em 19/08/2021 2021 17:22 , Cidades. Atualizado em 19/08/2021 17:25

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Localizada em Serra Talhada, a Central de Regulação recebeu investimentos na ordem de R$ 1,5 milhão, contando com estrutura física e tecnológica adequadada para o funcionamento do serviço, que será administrado pelo Instituto Técnica e Gestão Moderna – ITGM, empresa vencedora da licitação. O serviço atenderá mais de 800 mil habitantes das cidades que integram a VI, X e XI Geres, localizadas no Sertão e Agreste. Das 35 cidades da macrorregião, apenas Tupanatinga, no Agreste, não aderiu ao consórcio. A expectativa é que o SAMU comece a funcionar em setembro de 2021.

Foto: Central de Regulação do SAMU em Serra Talhada. Foto: Secom/PMST

Na solenidade de entrega da central, a prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado; o presidente do Cimpajeú, Luciano Torres; e a secretária de Saúde de Serra Talhada, Lisbeth Lima, assinaram o termo de uso da Central de Regulação e das duas ambulâncias de Serra Talhada.

“Depois de muitos anos de esforço de toda a região, estamos concluindo uma etapa importante para o início do SAMU, que é a entrega da Central de Regulação ao Cimpajeú. Serra Talhada cumpriu com todas as etapas do processo, e estamos entregando uma central completamente adaptada, com infraestrutura e equipamentos modernos”, disse Márcia Conrado, que ocupa o cargo de secretária do Cimpajeú.

Prefeita Márcia Conrado ao lado do presidente do Cimapajeú, Luciano Torres, e da secretaria de Saúde, Lisbeth Lima. Foto: Secom/PMST

A Secretária-Executiva do Cimpajeú, Hilana Santana, explica as últimas etapas para implantação do serviço. “Agora será realizado o processo seletivo para contratação dos funcionários que irão atuar na região, e a expectativa é que o serviço inicie em setembro”, afirmou. Ela informou que nesta sexta-feira (20/08) haverá visita técnica à sede do Instituto de Técnica e Gestão Moderna, no Rio de Janeiro. “A visita tem por objetivo cumprir a última etapa do Chamamento Público, para assim ministrar o contrato com a OS que irá gerir o SAMU Consorciado da III Macrorregional”, completou.

Mais de 800 mil pessoas beneficiadas

O SAMU Consorciado da III Macrorregional de Saúde atenderá mais de 800 mil habitantes das cidades que integram a VI, X e XI Geres, localizadas no Sertão e Agreste.

As cidades contempladas são: Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo, Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama, Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manarí, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu e Venturosa. Das 35 cidades da macrorregião, apenas Tupanatinga, no Agreste, não aderiu ao consórcio.

A implantação ocorrerá em duas fases. Na primeira fase serão habilitadas 12 Unidades de Suporte Básico (USB) das cidades de Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Ingazeira, Carnaíba, Flores, Tabira, São José do Egito, Sertânia, Iguaracy, Manari, Petrolândia e Flores.