Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Bem Estar

Somos a Vida

Diante da grandiosidade do planeta que habitamos somos simplesmente  vida sendo exercitada em um local onde tudo é perfeito  tanto em diversidade quanto em intensidade de  beleza e cores. Nesse contexto não poderíamos deixar de ser seres divinos, porque na criação, isso era necessário, uma criatura humana, única, com poderes e consistência cósmica  para   ser exercitada  integralmente.  

Postado em 21/08/2021 2021 19:56 , Bem Estar. Atualizado em 21/08/2021 20:24

Antônio José Jornalista e Editor do Jornal do Sertão

 

Diante dessa imensidão que nos cerca, terra e céu, a vida é    o nosso interior mais profundo. É um todo completo e perfeito. A nossa situação de vida se constitui das nossas circunstâncias e experiências. Não há nada de errado em estabelecermos metas e nos empenharmos para conseguir bens. O erro reside em usar isso como um substituto para o sentimento da vida, para o Ser. A gratidão pelo momento presente e pela plenitude da vida atual é a verdadeira prosperidade. Nada está no futuro   venha para o momento presente. Apenas seja e aprecie ser. Quando estamos presentes, nunca precisamos esperar por nada.  Apenas seja e aprecie ser.  Para ficarmos presentes no dia-a-dia, ajuda muito estarmos profundamente enraizados dentro de nós. Do contrário, a mente, que tem um impulso inacreditável, nos arrastará com ela, como um rio caudaloso.

 

Entre em conexão com o próprio Ser.

Enquanto sua mente absorver toda a sua atenção, você não conseguirá estar em conexão com o Ser. A mente absorve toda a sua consciência e a transforma em matéria mental. Você não consegue parar de pensar. O pensamento compulsivo se tornou uma doença coletiva. Tudo o que você achava que sabia a seu respeito passa a se originar da atividade mental. Sua identidade, como não tem mais raízes no Ser, se transforma em uma construção mental vulnerável e indispensável, que cria o medo e este passa a ser a sua emoção oculta predominante. Fica faltando, então, a única coisa que realmente importa em sua vida, que é a percepção do seu eu interior mais profundo, a sua indestrutível e invisível realidade.

Imagem Divulgação

 

Libere a consciência aprisionada pela mente.

Para se tornar consciente do Ser e desfrutar as potencialidades inerentes ao Ser, você precisa ter de volta a consciência que foi aprisionada pela mente. Essa é uma das tarefas mais essenciais na sua jornada espiritual. No momento em que você perdoar, terá retomado o poder que estava na mente. O falso eu interior construído pela mente, o ego, não consegue sobreviver sem discórdias e conflitos, ele é delituoso.  A mente não consegue perdoar. Só você consegue. Você se torna presente, penetra em seu corpo, sente a paz vibrante e a serenidade que emanam do Ser. Essa é a razão pela qual Jesus disse: “Antes de entrar no templo, perdoe”. Quando a mente dirige a nossa vida, o conflito, as lutas e os problemas são inevitáveis. Estar em contato com o seu corpo interior cria um espaço de mente vazia, dentro do qual a relação pode florescer. Toda, resistência interior é vivenciada como uma negatividade. Toda negatividade é fruto de   resistência ao que é.  A  resistência e não aceitação do momento presente faz disparar o sofrimento emocional, que   mesmo diante de uma situação banal,  pode produzir uma negatividade intensa, como a raiva,  depressão ou um profundo pesar.