Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Bem Estar

Sintonizando o Bem Estar

Ao iniciar o texto desta coluna o trago como objetivo levarum pouco de (Bem estar) àqueles que por algum motivo, tornam-se escravos da própria forma de ser e agir e adotaram pensamentos e comportamentos repetitivos,nocivos, ao próprio equilíbrio emocional, um impedimento à conquista do próprio bem estar.

Postado em 28/08/2021 2021 18:24 , Bem Estar. Atualizado em 28/08/2021 18:24

           

Antônio José Jornalista e Editor do Jornal do Sertão

A vida no cotidiano é um reflexo advindo de nossas obrigações e responsabilidades, ela nos impõe uma gama  de afazeres e obrigações, necessários à própria subsistência humana. Tudo isso ocorre em nome da dita segurança profissional, social e familiar e nos faz esquecerque a plenitude não se encontra ai. Dessa forma, somos conduzidos quase que imperceptivelmente por caminhos que relegam  aspectos   necessários à plenitude da própria existência, ou seja; do espírito, porque só ele é o alimento que dá sustentabilidade a alma. Esse é um processo automático e nos distancia daquilo  que realmente somos e  nos faz entrar na roda viva da vida, onde só enxergamos o trabalho e as obrigações como alimento, nos fazendo mergulhar em um mar de preocupações e permitindo que eles tomem conta da  vida. Precisamos ter uma visão mais ampla daquilo que verdadeiramente somos.  È preciso evitar que nos tornemos reféns das próprias atitudes.Evitemos ser  blindados dentro do próprio casulo, como se isso fosse normal; conheça seus poderes.

 

Tudo é muito simples

Esses poderes repercutem um fato de maneira tão simples, que até sentimos dificuldade, em acreditar e aceitar essa realidade. Na verdade, o que sentimos é um reflexo referencial do caminho que estamos trilhando, de nossos pensamentos e atitudes.  Quando estamos nos sentindo bem   é porque estamos no caminho certo, o caminho do equilíbrio e da conquista. Diante desse aviso espiritual de conforto e bem estar reafirmamos   poder   incrementar a caminhada na certeza de que estamos em sintonia com o  próprio ser, isso é o que importa, porque é ele o único responsável pela frequência vibratória de conforto que sentimos e que serve  .como endosso de que aquilo que estamos pensando e fazendo é o certo. .O mesmo ocorre inversamente quando estamos no caminho errado, com pensamentos e sentimentos fora do padrão,  uma sensação incômoda de mal estar se apodera de nós mostrando que estamos fora do caminho e que alguma coisa precisa ser mudada. O sentir-se mal é um indicador mostrando que estamos fora de  sintonia com os nossos desejos e   dessa forma estamos permitindo sentir as sensações da adversidade.

Foto Reprodução Net

Só existe uma forma de bem estar

O mal e o bem é fruto de uma única sintonia, com frequências estremas, que provocam os mesmos efeitos de intensidade em níveis diferentes e, revela a maneira como  estamos nos sentindo ou vivendo. É preciso atentar que na forma de bem estar    só existe o polo do bem sendo exercitado, pelo bem estar que podemos permitir por meio de nossas ações. . Todo esse processo acontece consciente ou inconscientemente com a nossa permissão, quando permitimos o bem estamos bem, quando permitimos o mal estamos mal. Esse processo é tão simples que chegamos a não acreditar que seja assim. Por isso é importante aprender a lidar com os sentimentos de uma forma mais prática e objetiva, sem abrir espaço para as coisas indesejadas, que são sentimentos nocivos e se reproduzem com muita facilidade, nos fazendo sentir mal. Quando algo é indesejado e nos incomoda, devemos procurar tomar consciência desse fato e eliminar de nossos pensamentos,substituindo-os por pensamentos e sentimentos mais nobres. Aprender a viver é aprender a lidar com os sentimentos, eliminando da linha de raciocínio sentimentos pequenos, como julgamento, raiva, ciúme, inveja, procurando dimensionar o que os outros são. Omundo é repleto de opções a ser vividas, e nós é que decidimos o que escolher, e a forma que nos convém viver. Quando fazemos opções erradas sofreremos com certeza as conseqüências desagradáveis desses atos. Quando conseguirmos ter plena consciência da responsabilidade dos nossos atos teremos adequando o mundo às nossas necessidades. e desfrutaremos daplenitude que ele oferece.