Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de outubro de 2021

Agronegócios

Presidente da Abrafrutas, Guilherme Coelho visita municípios para fortalecer o agronegócio

Em Caruaru, ele celebrou a publicação em Diário Oficial da isenção do PIS/Cofins do milho importado

Postado em 27/09/2021 2021 16:35 , Agronegócios. Atualizado em 27/09/2021 17:27

O presidente da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Guilherme Coelho visitou cinco municípios pernambucanos para conhecer melhor as atividades conectadas com o agronegócio no Estado, identificar os principais gargalos enfrentados e sugerir soluções para o enfretamento dos problemas. Na última semana, ele conversou com representantes de associações e produtores de segmentos da avicultura, pecuária e agricultura de Salgueiro, Arcoverde, Buíque, Tupanatinga e Caruaru.

Guilherme Coelho conversa com presidente da APROMAR foto Ascom Guilherme Coelho

De acordo com Guilherme Coelho, a principal necessidade do segmento é organizacional. “Fiquei impressionado com o potencial desses municípios, a união entre os produtores será a chave do sucesso. Um dos caminhos para esse crescimento, seria a criação de cooperativas para ajudá-los nas negociações e conseguirem melhores preços de venda. Estou à disposição para contribuir com articulação política e com meu conhecimento sobre agronegócio”, afirmou.

Agenda em Caruaru

Em Caruaru, Guilherme Coelho conheceu uma granja que produz cerca de 650 mil ovos diariamente e investe em tecnologia para modernizar o setor. Ele também almoçou com representantes da avicultura do município e, na ocasião, o grupo celebrou a publicação em Diário Oficial da isenção do PIS/Cofins do milho importado.

“Esse foi um pleito antigo que estava correndo no Ministério da Agricultura desde agosto do ano passado. Além da nossa associação, muitas pessoas e entidades ajudaram para que fosse atendido, como o Guilherme Coelho, que esteve em Brasília e reforçou o pedido. A isenção desse imposto representa uma queda importante no custo da saca do milho”, constatou o presidente da Associação Avícola de Pernambuco, Giulliano Malta.