Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 22 de outubro de 2021

Bem Estar

Somos o que pensamos. Por Antônio José

Despercebidamente por desconhecerem a origem dos fatos que às incomodam, as pessoas na tentativa de corrigirem terminam criando ainda mais problemas para si mesma.

Postado em 02/10/2021 2021 18:39 , Bem Estar. Atualizado em 02/10/2021 18:39

   

Antônio José Jornalista e Editor do Jornal do Sertão

O fato é que a grande maioria das pessoas costumam ter o hábito de se auto programar na forma de ser. Sendo assim, tentam projetar o futuro, mas, que enganosamente, se prendem em  experiências passadas  que muitas vezes foram traumáticas. Essa é uma forma que foge totalmente da realidade porque   em geral fundamenta-se em uma situaçãoque foi desagradável, na qual   até a lembrança incomoda.

Alinhamento com a própria realidade

Portanto, é preciso deixar bem claro, que agindo dessa formaas pessoas estarão desalinhadas com a própria realidadedaquilo que são. Vivendo situações como essa, a pessoa passa a esperar sempre o pior para sua vida, e se preparam para receber o que não desejam atraindo uma realidade quena verdade não é dela. Essa incoerência acontece porque as pessoas acham que esse é um princípio normal e racional.

Somos o que pensamos

Como a grande maioria das pessoas não atentam para o fato de que a sua vida é fruto dos seus próprios pensamentos e sentimentos, começam a declinar emocional e fisicamentepor desconhecerem os por quês da própria realidade. É preciso parar um pouco para refletir e poder entender claramente, que o que se espera não é uma realidade, massim, o fruto de uma programação mental que a pessoa carrega como realidade. Nossa realidade é fruto da nossa projeção mental, somos aquilo que pensamos.