Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 25 de outubro de 2021

Cidades

Arcoverde anuncia implantação de unidade do IML no Sertão do Moxotó

O equipamento atenderá demandas de dez cidades na região de Arcoverde.

Postado em 09/10/2021 2021 21:07 , Cidades. Atualizado em 09/10/2021 21:22

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Prefeito, universidade e Polícia Científica ajustam detalhes para implantação do IML Arcoverde. Foto: Divulgação

 

A cidade de Arcoverde, no Sertão do Moxotó, comemora neste sábado (09/10), a notícia dada pelo Prefeito Wellington Maciel, de que a cidade contará em breve com uma unidade própria do Instituto de Medicina Legal (IML).

O equipamento atendará as demandas de cerca de dez cidades na região de Arcoverde, a exemplo de Sertânia e Custódia. Segundo o prefeito Wellington Maciel, os últimos detalhes para implantação do órgão foram definidos em reunião com a Polícia Científica e a Faculdade de Medicina do Sertão.

“Após várias reuniões em Brasília, estive novamente esta semana com a chefe do Departamento da Polícia Científica de Pernambuco, Dr.ª Sandra Santos, e também com representantes da Faculdade de Medicina do Sertão, sendo possível fechar os últimos detalhes para que a partir de agora, possamos cumprir todas exigências para que Arcoverde conte brevemente com uma estrutura física do IML“, ressaltou Wellington Maciel.

A implantação do IML no município também implica na ampliação da Polícia Científica já existente em Arcoverde, que atualmente também atende demandas de outros 10 municípios na região. “Esta unidade vai fazer com que famílias de pessoas que venham a falecer por algum motivo de crime, não precisem mais deslocar os corpos até o IML de Caruaru ou do Recife, além de colaborar para a agilidade no apuramento de informações por parte da Polícia Científica”, destacou o gestor.

 

Sertão conta apenas com o IML de Petrolina. Salgueiro luta há anos para implantar unidade do Sertão Central.  

 

Sede do IC e IML de Petrolina. Foto/Divulgação

Atualmente, a região do Sertão conta apenas com o Instituto de Medicina Legal do Sertão do São Francisco, situado em Petrolina. O equipamento foi inaugurado em setembro de 20218. O local possui laboratórios para perícias traumatológicas, toxicológicas e sexológicas. E cartório e salas para reconhecimento de corpos e necropsia.Além do IML, Petrolina conta com a Gerência de Polícia Científica do Interior 2 (GINTER 2).

Com a obra iniciada desde 2014, o IML de Salgueiro, no Sertão Central, segue sem funcionar. Recentemente o Governador Paulo Câmara assinou termo de cooperação com a Prefeitura local para implantação da unidade, que será referência para 15 cidades do Sertão, ofertando perícias criminais. Salgueiro já dispõe da Unidade Regional de Polícia Científica Agreste Setentrional (URPOC Salgueiro), que oferta perícias na área da criminalística.

As outras unidades regionais de Polícia Científica do Sertão ficam localizadas em Ouricuri, no Araripe; Arcoverde, no Moxotó; e Afogados da Ingazeira, no Pajeú. São disponibilizadas perícias na área da criminalística e da Medicina Legal.