Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 04 de dezembro de 2021

Cidades

Sertânia é a primeira cidade do Sertão a exigir comprovante de vacina contra covid-19 com penalidades para os não-vacinados

Segundo a Lei aprovada na Câmara de Vereadores, os servidores públicos não vacinados podem ter salários suspensos e a população em geral que não quiser ser imunizada não poderá, por exemplo, prestar concurso público

Postado em 21/10/2021 2021 14:50 , Cidades. Atualizado em 21/10/2021 15:04

Jornalista ,

A prefeitura de Sertânia, com o apoio da Câmara de Vereadores, apertou o cerco para defender a vacinação completa dos moradores do município. Através de Lei municipal, os servidores da administração direta e indireta, assim como os moradores da cidade que se recusarem a receber as doses da vacinação contra a covid-19 sofreram uma série de restrições no âmbito municipal.

Sertânia PE Imagem Reprodução

 

A Lei nº 1.743/2021, aprovada pela Câmara de Vereadores, já foi sancionada pelo prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira.

Penalidades para os servidores públicos

Os servidores públicos municipais, da administração direta e indireta da Prefeitura de Sertânia, que não apresentarem o comprovante de vacinação contra a Covid-19, poderão ter seus salários suspensos já a partir deste mês de outubro. Por isso, os efetivos, comissionados e temporários precisam entregar o referido documento ao seu chefe imediato.

Aqueles que não comprovarem terem sido vacinados, ao menos com a primeira dose, serão impedidos de permanecer em seus locais de trabalho. “É importante destacar que o objetivo não é punir nenhum servidor, pelo contrário. A pandemia afeta a coletividade e as medidas de combate também precisam ser adotadas por todos. Já se sabe que a vacinação é medida de saúde coletiva, sendo necessária uma ampla cobertura vacinal para a diminuição da circulação do vírus. Vacinas salvam vidas e precisamos também que os nossos funcionários estejam vacinados para garantirmos um ambiente de trabalho mais seguro tanto para os servidores, como para população”, destacou o prefeito Ângelo Ferreira.

Para a população em geral

Quem se recusar à vacinação contra a COVID 19, com as seguintes penalidades:

*Proibição de se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles, junto ao Município de Sertânia;

*Proibição de participar de concorrência pública ou administrativa junto ao Município de Sertânia, ou das respectivas autarquias;

*Proibição de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo Município de Sertânia;

*Proibição do uso de serviço de transporte escolar no Município.

*Proibição de praticar qualquer ato na estrutura municipal, para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.