Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de abril de 2024

Educação

Rede de ensino do Sertão usa jogo simbólico para auxiliar na aprendizagem infantil

Os jogos simbólicos representam uma das ferramentas mais eficazes no processo de ensino-aprendizagem dos alunos

Postado em 27/10/2021 2021 09:11 , Educação. Atualizado em 27/10/2021 09:28

Colunista
Jornalista ,

Crianças aprendem a importância da amizade, união, respeito ao próximo, persistência em meio aos obstáculos. (foto: Ascom PMP)

Os jogos simbólicos, os famosos “faz de conta” fazem parte da formação lúdica das crianças há muito tempo. Mas em Petrolina, no Sertão pernambucano, um projeto está utilizando esse tipo de brincadeira para auxiliar na educação infantil da rede municipal.

O projeto “Jogo Simbólico: uma aventura em Madagascar”,  foi desenvolvido pela Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes. Os jogos simbólicos representam uma das ferramentas mais eficazes no processo de ensino-aprendizagem dos alunos. Ações como recriar a história de um livro ou montar um roteiro próprio, sempre colocando os pequenos estudantes como personagens ativos dessa atividade, foi um dos principais objetivos do trabalho pedagógico, desenvolvido durante duas semanas do mês de outubro, em mais de 168 unidades de atendimento a educação infantil, que inclui Escolas, Cmei´s e Novas Sementes.

Os professores se fantasiaram de personagens do desenho Madagascar e também de super-heróis, desenvolveram várias atividades de circuito psicomotor. (foto: Ascom PMP)

Com diversas atividades voltadas a temática do desenho animado Madagascar, o projeto envolveu os alunos em trabalhos de pinturas, construção de brinquedos com material reciclável, teatro, cineminha, contação de história, colagens, entre outras atividades lúdicas.

A ferramenta permite, por exemplo, mediar diversas situações do mundo real em um mundo imaginário. “Desta forma, as crianças aprendem a importância da amizade, união, respeito ao próximo, persistência em meio aos obstáculos, atenção aos comandos, esperar por sua vez, sequenciar fatos. São várias as habilidades desenvolvidas a partir de atividades lúdicas, o que reforça o conceito mais precioso que possuímos: a criança aprende brincando. Viver a infância faz parte do processo mais legítimo e de total validação da aprendizagem”, explicou a secretária Executiva da Primeira Infância, Poliana de Castro.