Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 07 de abril de 2024

Agronegócios

Bodocó é destaque na produção leiteira em Pernambuco, diz pesquisa do IBGE

Mesmo com a pandemia, a cidade alcançou a marca de 56.272 mil litros de leite produzidos, sendo a terceira cidade com maior produção leiteira no Estado

Postado em 06/11/2021 2021 11:56 , Agronegócios, Economia. Atualizado em 06/11/2021 11:59

Colunista
Jornalista ,

Com grande produção de leite, o município investe no beneficiamento artesanal. (foto Ascom PMB)

Que Bodocó é a terra do leite no Sertão muita gente já sabe. Mas os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprovaram o protagonismo do município sertanejo em todo o Estado.

Bodocó foi a terceira cidade com maior produção leiteira em Pernambuco no ano de 2020. Mesmo com a pandemia, a cidade alcançou a marca de 56.272 mil litros de leite produzidos.

O município ficou atrás apenas de Buíque (mais de 78 mil litros) e Itaíba (mais de 73 mil litros), ambas localizadas no Agreste do Estado.

“A base econômica é fundada basicamente na produção de leite. Temos cerca de 2.800 propriedades destinadas à produção de leite, que diariamente estão produzindo seu leite para sustentar a economia de Bodocó”, destaca o diretor de agropecuária da secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Antônio Marcos.

Produção recorde

Ainda segundo o IBGE, Pernambuco produziu, em 2020, 1 bilhão e 62 mil litros. Esse foi o maior volume já registrado no Estado.

Apoio às queijarias artesanais bodocoenses

O leite é produzido em Bodocó também passa pelo beneficiamento, transformando-se nos produtos bastante conhecidos na região: queijos, doces e derivados. Diante do grande volume de produção, a gestão municipal tem buscado ferramentas para fortalecer a produção leiteira de Bodocó.

Por isso, em 2021 foi aprovada a implementação do Selo de Inspeção Municipal (SIM). A ferramenta atesta a qualidade e a segurança alimentar do produto derivado. Além disso, foi firmada uma parceria com a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), para garantir o suporte técnico necessário para construção adequada de queijarias artesanais na cidade.