Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 06 de abril de 2024

Economia

Pendências com bancos e cartões de crédito são as que mais atormentam sertanejos

Jornal do Sertão listou algumas armadilhas do dinheiro de plástico para ajudar os consumidores sertanejos

Postado em 09/11/2021 2021 09:44 , Economia. Atualizado em 09/11/2021 09:47

Colunista
Jornalista ,

Se utilizado sem o devido cuidado, o dinheiro de plástico pode virar pesadelo do consumidor. (foto: reprodução internet)

Logo no primeiro dia do Feirão de Renegociação em Petrolina, no Sertão do São Francisco, o Procon da Faculdade de Petrolina identificou quais são os “carrascos” dos consumidores sertanejos. São os bancos e os cartões de crédito.

Armadilhas dos cartões de crédito

O Jornal do Sertão reuniu as quatro principais “armadilhas” dos cartões de crédito que podem tornar esse dinheiro de plástico em pesadelo. São elas:

Atrasar a fatura sem necessidade
Parcelar as compras no cartão ou atrasar a fatura para o mês seguinte sem necessidade é o primeiro passo para o descontrole financeiro. O dinheiro de plástico deve ser usado preferencialmente em emergências. O mesmo cuidado vale para o cheque especial.

Esquecer dos custos embutidos
Antes de contratar uma linha de crédito no cartão ou outra modalidade, conheça as cláusulas contratuais, para saber quais as cobranças previstas ao contrair a dívida.

Pagar após o vencimento
Se você pagar a fatura até esta data, o cartão será seu amigo.

Parcelar quando se pode pagar à vista
De modo geral, os juros costumam ficar escondidos no valor total de um produto parcelado. Busque negociar um desconto com o vendedor para comprar à vista.

Sobre o Feirão

Em Petrolina, o Feirão da Negociação segue até sexta-feira (12). (foto: Ascom Facape)

O feirão, que segue até a próxima sexta-feira (12) no Centro de Convenções de Petrolina, é uma realização do Procon Facape em parceria com o Prodecon e Sebrae, sempre das horário de 08h às 12h e das 13h às 17h. “O mutirão foi pensado e arquitetado pelo Procon, Prodecon e o Sebrae, com muito carinho, para oportunizar aos endividados solucionarem suas pendências financeiras. Também será excelente fonte de aprendizado para os alunos de Direito, pois eles estarão na linha de frente, mediando as demandas junto aos fornecedores. A expectativa é de expressiva adesão do público alvo e, por conseguinte, a realização de outras edições do mutirão nos próximos anos,” ressaltou a coordenadora do Procon Facape, professora Geraldine Cavalcanti.

Além de consumidores com dívidas de cartões de crédito, Celpe, Compesa, Bancos, Financeiras, Cartões de Crédito, operadoras de telefonia, por exemplo, os estudantes da Facape e contribuintes que têm dívidas com o Município também podem fazer negociação no feirão. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL) também participa do evento, disponibilizando consultas de SPC/Serasa gratuitamente.

Outra oportunidade para o consumidor são as palestras gratuitas ministradas pelo Sebrae, Procon e Prodecon. As temáticas, claro, relacionadas à gestão e educação financeira.

Para participar do mutirão, o consumidor comparecer ao local e apresentar o comprovante de compra ou documento relativo ao problema que deseja negociar. Os atendimentos serão feitos por ordem de chegada, com distribuição de 100 fichas por dia.