Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 09 de abril de 2024

Cultura

Edição deste ano do Festival Edésio Santos da Canção terá recorde de participantes

As premiações para os compositores e intérpretes variam de R$ 2,5 mil a R$ 10,5 mil

Postado em 18/11/2021 2021 06:00 , Cultura. Atualizado em 17/11/2021 16:50

Colunista
Jornalista ,

Festival Edésio Santos é tradicional no Vale do São Francisco. (foto: divulgação)

Em dezembro, Juazeiro, no Vale do São Francisco vira polo musical com o Festival Edésio Santos da Canção. A 24ª edição do evento, que este ano tem como tema “O Mundo Canta Juazeiro”, já entrou para na história do festival com o maior número de inscrições. Ao todo, a comissão de triagem vai analisar 200 canções até o próximo sábado (20).

A triagem das canções que serão apresentadas nas classificatórias do Festival, nos dias 9 e 10 de dezembro, estão acontecendo na Casa da Música, em Salvador. A expectativa é que o resultado preliminar, com as 24 canções classificadas, seja divulgado no Diário Oficial do dia 22 de novembro.

Premiação

Entre as 12 canções escolhidas para a fase final, que acontecerá no dia 11 de dezembro, as três primeiras músicas colocadas, melhor intérprete, melhor canção local e o vencedor do Júri Popular receberão as seguintes premiações: 1º lugar, R$ 10,5 mil; 2º lugar, 8,5 mil; 3º lugar, R$ 6,5 mil; Melhor Música Local, R$ 4 mil; Melhor Intérprete, R$ 3,5 mil, Prêmio do Júri Popular, R$ 2,5 mil.

 

Festa da música na Bahia

Este ano, o evento será realizado na Orla II de Juazeiro, de 9 a 11 de dezembro e contará com shows de três grandes artistas do cenário nacional. Na noite de abertura do Edésio Santos, no dia 9 de dezembro, a principal atração da noite será Zé Manoel. O artista petrolinense indicado ao Grammy Latino 2021 já foi vencedor do Festival como compositor e vai apresentar o show ‘Do meu coração nu’, em que traz influências do Vale do São Francisco.

O cantor Flávio Venturini é uma das grandes atrações do Festival. (foto: divulgação)

Na segunda noite, 10 de dezembro, a atração é o juazeirense Edy Star,     muito conhecido por sua parceria com Raul Seixas, Miriam Batucada e Sérgio Sampaio no álbum ‘Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10’.

No dia 11 de dezembro, na final do Festival, será a vez de ouvir as canções do mineiro Flávio Venturini. Revelado nos anos 70, no movimento Clube da Esquina, junto com Milton Nascimento, Flávio também foi um dos grandes nomes do grupo 14 Bis e é autor de sucessos da Música Popular Brasileira, como ‘Todo Azul do Mar’, ‘Linda Juventude’ e ‘Planeta Sonho’.