Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 03 de dezembro de 2021

Educação

Mais de 100 escolas estaduais passam a ser de tempo integral; Confira a lista das unidades do Sertão

Em Petrolina, 11 escolas estaduais serão transformadas em escolas de tempo integral

Postado em 25/11/2021 2021 06:08 , Educação. Atualizado em 25/11/2021 09:49

Jornalista ,

O governador Paulo Câmara anunciou a expansão da rede de escolas em tempo integral. (foto: Aloísio Moreira/SEI)

O Governo de Pernambuco anunciou mudanças na rede Estadual de Ensino. Ao todo, 104 escolas estaduais existentes são transformadas em unidades de referência em Ensino Médio (Erem), Fundamental e Médio (Eremfem) e Fundamental (Eref), todas com oferta de aulas em tempo integral, ou seja, 75% das escolas de ensino médio passam a ser integrais em 2022.

No Sertão as cidades de Petrolina e Serra Talhada são as que mais tiveram alterações, respectivamente 11 e 3 unidades de ensino. Confira a lista das escolas da rede estadual no Sertão que virarão escolas de Tempo Integral:

Araripina            
Escola Manoel Ribeiro Damasceno

Belém De São Francisco
Escola Monsenhor João Pires

Ipubi
Escola Joaquim Eugênio Silva

Lagoa Grande
Escola Antonio De Amorim Coelho

Petrolina            
Escola Antonio Cassimiro
Escola Monteiro Lobato
Escola Nossa Senhora Aparecida
Escola Núcleo De Moradores 11
Escola Padre Luiz Cassiano
Escola Professor Manoel Paes Barreto
Escola Professor Humberto Soares
Escola Eneide Coelho Paixão Cavalcanti
Escola Eduardo Coelho
Escola Joaquim André
Escola Moysés Barbosa

José Do Belmonte
Escola Manoel De Queiroz

Salgueiro            
Escola José Vitorino De Barros

Serra Talhada   
Escola Antônio Timoteo
Escola Manoel Pereira Lins
Escola Irmã Elizabeth

Sertânia
Escola Professor Jorge De Menezes

Universalização do ensino

Para o ano letivo de 2022, o Estado contará com mais 70 Escolas de Referência em Ensino Médio e Ensino Fundamental e Médio (EREM e EREFEM), 34 Escolas de Referência em Ensino Fundamental (EREF), e mais 11 Escolas Técnicas Estaduais (ETE), sendo seis EREM já existentes que serão transformadas em ETE, e cinco escolas que estão em construção.