Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de abril de 2024

Economia

Você da importância de fazer uma AUTOAVALIAÇÃO? Por Tikinha Albuquerque

Desejo uma linda jornada de autoconhecimento, afinal, é olhando para dentro que nos preparamos para enfrentar desafios e aprender com cada um deles.

Postado em 31/01/2022 2022 21:28 , Economia. Atualizado em 31/01/2022 21:32

Tikinha Albuquerque Master Coach Escreve a Coluna Empreendedorismo para o JS Foto : Arquivo Pessoal

Olhar para nós mesmos, exige coragem! Como assim exige coragem?

Exatamente isso que você está lendo!

Olhar para o nosso interior ficar frente a frente com nossos medos, nossos pensamentos, nossas crenças e comportamentos não é uma tarefa fácil, exige de nós disposição para esse enfrentamento, em contrapartida ganhamos autoconhecimento, autogerenciamento das nossas ações e clareza do que realmente depende de nós para atingir nossos resultados.

Porém, mesmo sabendo dos benefícios que nos traz fazer uma autoavaliação pessoal, muitos de nós evita ficar frente a frente consigo mesmo, pois isso significa sair da zona de conforto, é muito desafiante olhar para nossas crenças limitantes, saber que muitas vezes o que não temos é por puro medo de realizar mudanças importantes, ou seja, desalinhar nosso interior para realinhá-lo de forma positiva para nós mesmos e não para os outros, e parece antagônico, entretanto, é muito verdadeiro, quando estamos alinhados como nossos valores e propósitos, conseguimos doar ainda mais de nós ao outro.

Crescer dói!

“A dor não existe para fazer você sofrer. A dor existe para deixá-lo mais consciente. E quando você se torna consciente, a infelicidade desaparece.” Osho

Para incentivar você romper com as limitações que lhe impedem de ir além, no melhor sentido de desenvolvimento humano, num processo de autoconhecimento, vou compartilhar nesse artigo uma maneira excelente de aplicar uma autoavaliação pessoal e, com isso, iniciar a sua trajetória na construção da sua melhor versão.

Vamos lá?

O que é autoavaliação pessoal?

Como mencionei acima, a autoavaliação pessoal nada mais é do que o exercício prático de lançar um olhar crítico sobre as nossas características internas, com o objetivo de conhecer nossos pontos fortes, ou seja, aqueles que nos impulsionam positivamente em nossa evolução, bem como, os pontos de melhoria, que são aqueles que nos limitam em nosso processo evolutivo, mesmo sendo uma autoavaliação pessoal, ganhamos resultados também na vida profissional, pois a evolução é integrada.

É uma ferramenta simples para autoaplicação, porém, de extrema importância, pois nos mostra o quê, em nossos comportamentos e atitudes, é importante trabalhar e reforçar, que no caso são nossas habilidades e qualidades, e o que precisamos intervir ou eliminar em definitivo, para que possamos atingir a oportunidade de nos desenvolvermos e elevar ainda mais o nosso potencial.

Como se autoavaliar?

Em primeiro lugar seja sincero consigo mesmo!

Nada de ficar mascarando ou amenizando as características que necessitam ser melhoradas, bem como, não caia na armadilha de querer ser perfeito, achando que nada está bom e não valorizar o que de melhor você já possui ou faz, faça uma autoavaliação verdadeiramente sincera.

Avaliar, não é julgar!

O propósito da autoavaliação é muito diferente de julgamento.

Neste processo é extremamente importante que você entenda que avaliar é diferente de julgar. A autoavaliação leva a mudanças positivas, que vão trazer benefícios e bons resultados para a sua trajetória, seja pessoal ou profissional. Já o julgamento leva somente a sentimentos negativos, como culpa e medo, por exemplo, que, por sua vez, só faz com que nos vitimizemos e não realizemos, de fato, ações de melhoria em nossa vida.

Veja a autoavaliação como um exercício que irá te auxiliar em muitos quesitos da sua vida como: autoconfiança, autoestima e autorresponsabilidade.

Caso autoavaliação seja um assunto muito novo a você, imagine que tenha algum amigo muito especial lhe pedindo ajuda, e você estivesse ali como mentor nas respostas dadas a ele. E internalize o seguinte pensamento:

Eu falaria com esse amigo da forma que estou falando comigo?

Eu o trataria da forma que estou me tratando?

Prepare o ambiente

Escolha um lugar tranquilo e reserve um tempo para autoaplicar a ferramenta.

Prepare o ambiente, coloque uma música que faça você se conectar consigo mesmo, desligue celular, tenha em mãos papel, caneta, marca texto, post it, enfim, tudo aquilo que torne o momento o mais lúdico possível.

Nesse momento você deve estar conectado com a pessoa mais importante do mundo: VOCÊ! Se concentre e não permita que nada lhe roube o foco dos seus pensamentos e reflexões. Pense sobre como foi sua vida no último ano, reflita sobre suas emoções, atitudes e comportamentos perante os acontecimentos do seu dia a dia.

Faça uma varredura na sua linha do tempo e lembre-se, de como foi sua dedicação ao trabalho, família, amigos e principalmente o autocuidado, ou seja, o quanto você investiu em você!

A melhor maneira na aplicação desta ferramenta são as perguntas poderosas da metodologia do Coaching, que são perguntas que trarão questionamentos efetivos, capazes de levá-lo a compreender de maneira mais assertiva sobre suas atitudes e comportamentos.

Vou colocar aqui algumas perguntas como exemplo, é normal durante as respostas surgirem novas perguntas, bem como, respostas que não estavam disponíveis no seu consciente, é normal! Faz parte do processo de autoconhecimento.

20 Perguntas Poderosas

O que eu considero como sendo meus pontos fortes? Por quê?
O que eu considero como sendo meus pontos de melhorias? Por quê?
Como tenho me relacionado com as outras pessoas? (em casa ou no trabalho)
Quais os meus dons, talentos e habilidades?
O que verdadeiramente me faz feliz?
Onde e como eu quero estar daqui a 5, 10, 20 anos?
O quanto estou satisfeito (a) com a vida que tenho atualmente?
Quais são as minhas principais conquistas até aqui?
Quanto tempo tenho me dedicado para o autoconhecimento?
Existe propósito no que faço?
Cumpro com o que falo ou vivo procrastinando decisões importantes?
Sou resiliente, ou seja, lido bem com os imprevistos?
Sou disciplinado e tenho gestão do meu tempo, dividindo coerentemente o meu tempo entre vida pessoal e profissional?
Tenho pendências emocionais com alguém, ou seja, tenho que pedir perdão ou sinto que preciso ser perdoado?
Costumo me fazer de vítima?
Consigo pedir ajuda quando estou precisando?
Tenho algum hobby?
Dependo de aprovação do outro para me sentir motivado?
Qual legado eu quero deixar para o mundo?
Tenho dificuldade em dizer NÃO para as pessoas?

Não são perguntas fáceis de serem respondidas, entretanto, assim como estas existe uma infinidade de outras perguntas, que, além de levarem à reflexão, irão simultaneamente te levar à ação, pois ao respondê-las, você encontrará lacunas provocadas por você mesmo em sua vida, e já lhe auxiliará a traçar as estratégias para solucioná-las.

Quanto mais informações você conseguir levantar sobre si mesmo, mais fácil será estabelecer suas metas a alcançar. Com o tempo e a prática, tudo ficará mais fácil. Essas são algumas das inúmeras perguntas que podem ser feitas durante uma autoavaliação pessoal, utilizando o Coaching como auxílio neste processo. Perceba como pode ser fácil refletir sobre si mesmo com a ajuda destes questionamentos, não é mesmo?! Essa é uma das estratégias mais eficazes e poderosas quem está em busca de autodesenvolver como indivíduo e profissional.

Ao fazer o exercício, busque se ouvir. Identifique sentimentos e emoções negativas e positivas que podem lhe visitar.

Essas observações são capazes de te auxiliar a detectar tudo que eleva o seu medo, suas crenças limitantes e suas emoções negativas. Dessa forma, é muito mais fácil aprender a lidar com todas essas questões para que aos poucos outros sentimentos como alegria, autoestima, otimismo, esperança e satisfação com a vida pessoal e profissional façam cada vez mais parte de seu dia a dia.

Agora você já sabe o que é a autoavaliação e por que esse exercício é tão importante, é hora de colocar as mãos na massa e começar a desenvolver essa competência. Entenda onde você está para entender como alcançar seus objetivos.

Sonhe observando a realidade!

Sonhar é o combustível para nós seres humanos!

Desejo uma linda jornada de autoconhecimento, afinal, é olhando para dentro que nos preparamos para enfrentar desafios e aprender com cada um deles.