Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 12 de junho de 2024

Educação

Estudantes de Petrolina vão disputar o Torneio Nacional de Robótica

Crianças e adolescentes de 9 a 18 anos devem buscar soluções para desafios ligados à energia

Postado em 14/03/2023 2023 18:38 , Educação. Atualizado em 14/03/2023 18:52

Jornalista ,

Foto reprodução

 

Nos dias 15 a 18 de março, o Festival SESI de Robótica 2023 vai tomar o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF). Nessa temporada, crianças e adolescentes de 9 a 18 anos devem buscar soluções para desafios ligados à energia. Para isso, eles aplicam conceitos de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática (STEAM, na sigla em inglês) para criação de projetos de inovação, além da construção e programação de robôs, que devem completar missões

 

Estarão presentes no evento os estudantes do SESI de Petrolina que formam a equipe de Newgen Leaders, os alunos vão embarcar esta semana, juntamente com outras oito equipes de Pernambuco, com o intuito de disputar a etapa nacional do Torneio SESI de Robótica na modalidade FIRST Tech Challenge (FTC)

 

Considerada a maior competição de robótica educacional do Brasil, o evento reunirá, na fase inicial, cerca de 245 equipes e mais de 2 mil estudantes de todo o País para competir em quatro modalidades: FIRST Lego League (FLL), FIRST Robotics Competition (FRC), FIRST Tech Challenge (FTC) e F1 in Schools. 

 

Da Rede SESI de Educação de Pernambuco disputarão na modalidade FLL as equipes Cyberbot (Moreno) e Gadget (Goiana), além da Visão-Elétronsbot, do Colégio Visão (Recife). Já na modalidade FTC, além da Newgen Leaders, também disputam as equipes Rev Atom (Ibura), Unity Sunset (Escada) e Codetech (Cabo de Santo Agostinho). A FRC terá a equipe North Lions (Ibura) e, este ano, a modalidade conta com o apoio do SENAI-PE, com treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica. Já na F1 in Schools, competirá a equipe GRT (Goiana).

 

Depois de conseguir conquistar a  etapa de regional, o Champions Award, maior premiação da Modalidade FLL e que classificou o time para o nacional, um dos técnicos da equipe Cyberbot, Marcelo Costa se diz ansioso para a próxima fase, mas afirma que dará o melhor para que o time seja classificado para o mundial, que acontece no próximo mês de abril, em Houston, nos Estados Unidos. “Vamos representar Pernambuco agora na etapa nacional, mas vamos arregaçar as mangas para tentar representar o Brasil no internacional”, garante o técnico.