Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 27 de fevereiro de 2024

Política

LAFEPE: Uma referência nacional e internacional em política pública de saúde

O LAFEPE possui um parque fabril moderno e bem equipado. Além disso, tem várias farmácias espalhadas pelo Estado. Nestas farmácias são comercializados medicamentos e óculos de fabricação própria, bem como genéricos e similares adquiridos de fornecedores selecionados

Postado em 19/05/2023 2023 19:24 , Política. Atualizado em 19/05/2023 19:33

Colunista

 

Pernambuco é considerado o maior polo médico da Região Norte e Nordeste e o 2º maior do Brasil, atrás apenas de São Paulo. O segmento de saúde e bem-estar no Estado teve início na década de 70 e, ao longo do tempo, se consolidou como referência médica.

O polo encontra-se em local estratégico na área central da capital, Recife. Para se ter ideia, existem mais de 2.000 estabelecimentos de saúde – entre hospitais, clínicas, consultórios e laboratórios – dotados de profissionais, tecnologia, infraestrutura e instrumental avançado. O setor de saúde gera mais de 100 mil empregos diretos e indiretos e apresenta um faturamento anual de mais de R$ 8 bilhões de reais. Vale destacar que, em 2017, Pernambuco foi o primeiro Estado a lançar um cluster de Turismo de Saúde no país, o “Pernambuco Healthcare”. Cluster de Turismo de Saúde significa oferecer aos turistas uma ampla gama de serviços médicos de alta qualidade em um ambiente confortável e acolhedor.

Outro aspecto importante são os constantes investimentos no polo farmoquímico e farmacêutico do Estado. Grandes indústrias como SANATIVO, LAFEPE, HEBRON, VIDFARMA, IMEC, HEMOBRÁS, ACHÉ, entre outras, estão contribuindo para o crescimento e fortalecimento do segmento da saúde. Elas estão situadas na Região Metropolitana do Recife, Mata Norte, Agreste Central e Sertão do Moxotó. Em breve, mais empreendimentos serão inaugurados. Estão em fase de obras, em processo de licenciamento ou com protocolo de intenções assinado.


LAFEPE: Uma referência nacional e internacional em política pública de saúde

 

Em especial, ressalta-se o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes (LAFEPE), idealizado pelo ex-governador Miguel Arraes e criado em 1965 no Recife. Tem como objetivo desenvolver, produzir e comercializar medicamentos e óculos a preços acessíveis, em consonância com as políticas públicas de saúde. O LAFEPE é considerado um dos três maiores laboratórios públicos do Brasil e é referência para indústrias farmacêuticas públicas e privadas, organizações nacionais e internacionais da área de saúde e instituições de ensino superior e técnico. É uma sociedade de economia mista com autonomia administrativa e financeira, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde (SES).

O LAFEPE possui um parque fabril moderno e bem equipado. Além disso, tem várias farmácias espalhadas pelo Estado. Nestas farmácias são comercializados medicamentos e óculos de fabricação própria, bem como genéricos e similares adquiridos de fornecedores selecionados

O LAFEPE produz e fornece antirretrovirais para o Ministério da Saúde (MS), sendo responsável por 05 dos 22 medicamentos utilizados no tratamento da Aids no Brasil. Além disso, é o único fornecedor de Hipoclorito de Sódio 2,5% para combater a Cólera e dos antipsicóticos Clozapina, Quetiapina e Olanzapina. Também é o único laboratório oficial do mundo que produz o Benznidazol para tratar pacientes com Mal de Chagas. No Brasil, o medicamento é adquirido pelo Ministério da Saúde e distribuído pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Já no exterior, é repassado por instituições humanitárias como a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), e os Médicos Sem Fronteiras (MSF).

O LAFEPE inaugurou recentemente uma nova Unidade Industrial e um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e o Ministério da Saúde. O investimento nas novas instalações foi de R$ 13,5 milhões de reais. Em breve, o laboratório pernambucano lançará novos produtos como a Vitamina C+D+Zinco, Vitamina D 2000 UI, Ômega 3, repelente de insetos, protetor solar e polivitamínico. Atualmente, os produtos estão em fase de testes e a previsão é que sejam lançados nos próximos 24 meses.

Uma importante iniciativa elaborada e desenvolvida pelo Governo Estadual para viabilizar a prevenção e o tratamento de saúde com qualidade para todas as pessoas.