Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de fevereiro de 2024

Política

Programa Força Local: Impulsionando os Arranjos Produtivos Locais de Pernambuco

Certas propostas de projetos receberão pontos adicionais, incluindo aqueles constituídos por pelo menos 80% de mulheres; envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs); e com ênfase em sistemas orgânicos de produção ou base agroecológica.

Postado em 04/08/2023 2023 06:00 , Política. Atualizado em 02/08/2023 16:08

Colunista

Fomentar o desenvolvimento local e regional de forma sustentável, estimular a geração de emprego e renda, a inovação e a competitividade, bem como melhorar a qualidade de vida das pessoas por meio de políticas públicas é uma ação essencial.

Diante disso, o Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (ADEPE), criou o Programa de Fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais em Pernambuco (Força Local).

O Força Local, surgido em 2019, tem como objetivo apoiar e promover o desenvolvimento econômico e social de regiões específicas do estado, denominadas “Arranjos Produtivos Locais” (APLs). As associações de empresas ou produtores, localizadas em um mesmo território, são chamadas de APLs. Elas se caracterizam por apresentarem especialização produtiva e manterem vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, tais como governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino, qualificação e pesquisa.

Os APLs têm acesso a benefícios como apoio técnico na elaboração de planos de desenvolvimento, linhas de financiamento, capacitação dos agentes econômicos, promoção de eventos e feiras, além de apoio na comercialização dos produtos e serviços.

Grande parte dos APLs atendidos pertence aos segmentos da agricultura, apicultura, avicultura de postura, bovinocultura de leite, cafeicultura, confecções e moda, fruticultura, horticultura, ovinocaprinocultura, pesca artesanal e piscicultura.

De acordo com o Diretor-presidente da ADEPE, André Teixeira Filho, o Força Local investiu até agora mais de R$ 43 milhões, aprovou 169 projetos de pequenos e médios empreendimentos, beneficiando diretamente e indiretamente mais de 46 mil pessoas em 131 cidades do estado, do Litoral ao Sertão.

Para participar do Força Local, as entidades interessadas devem acessar o site da ADEPE: www.adepe.pe.gov.br, conferir o Edital de Chamamento e realizar as inscrições, submetendo projetos, dentro do prazo estabelecido pelo edital. Foram lançados um total de 06 editais até o momento.

Certas propostas de projetos receberão pontos adicionais, incluindo aqueles constituídos por pelo menos 80% de mulheres; envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs); e com ênfase em sistemas orgânicos de produção ou base agroecológica.

Uma importante iniciativa implementada pelo Governo Estadual, que contribui para o fortalecimento das economias locais, geração de emprego e renda, além do crescimento e desenvolvimento de Pernambuco.