Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 27 de fevereiro de 2024

Esportes

Pernambucana Mirelle Leite brilha e conquista o topo do pódio no Brasileiro Sub-23 de Atletismo

Mirelle vai correr duas provas na Argentina e depois segue a altitude de Paipa, na Colômbia, em outubro, para fazer sua preparação final para os Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, de 29 de outubro e 5 de novembro. Mirelle integra o Programa Conexão Santiago do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Postado em 15/09/2023 2023 23:37 , Esportes. Atualizado em 16/09/2023 00:05

A atleta pernambucana Mirelle Leite ganhou a medalha de ouro nos 3.000 metros com obstáculos no Campeonato Brasileiro Sub-23, liderando toda a prova e concluindo em 10min53seg20. Esta foi a segunda vez que Mirelle Leite conquista o lugar mais alto do pódio do Brasileiro Sub-23, consolidando-se como o principal nome da modalidade no país.

Divulgação Ascom

O desempenho de Mirelle já era esperado. Em busca da vaga olímpica para disputar os Jogos de Paris, a indígena da etnia Xucuru, da cidade de Pesqueira, localizada no Agreste de Pernambuco, tem treinado diariamente para melhorar suas marcas em busca do índice olímpico. Com o patrocínio da Neoenergia, ela conseguiu contratar um novo treinador e começou a disputar uma série de meetings internacionais, o que aumenta sua experiência internacional e contribui com seu crescimento rumo às Olimpíadas.

“Acredito que foi uma boa prova. Busquei o ouro desde o início, sem diminuir o ritmo, o que contribuiu bastante para o resultado. Estou em uma fase em que todas as competições são extremamente importantes para o ranking e para meu desenvolvimento em busca do sonho que é ser a primeira indígena a disputar uma Olimpíada pelo Brasil”, afirmou Mirelle Leite.

Desde o início do ano, a corredora está morando e treinando em Bragança Paulista, em São Paulo. Com o patrocínio da Neoenergia e toda a infraestrutura da Confederação Brasileira de Atletismo, ela tem evoluído consideravelmente. “O resultado deste Brasileiro demonstra esta evolução. O sonho de estar em Paris continua vivo e estou trabalhando muito para isso. Dedicação nunca vai faltar”, finalizou, ainda na pista onde conquistou o ouro desta sexta-feira.

Mirelle vai correr duas provas na Argentina e depois segue a altitude de Paipa, na Colômbia, em outubro, para fazer sua preparação final para os Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, de 29 de outubro e 5 de novembro. Mirelle integra o Programa Conexão Santiago do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

“Ficamos muito felizes com o desempenho da Mirelle e de contar com ela no Time Neoenergia. Nos alegra muito em ver como nossa energia impulsiona os sonhos dela dentro e fora das pistas”, afirmou o diretor de Marketing da Neoenergia, Lorenzo Perales.

Além de Mirelle Leite, a Neoenergia também tem como embaixadoras a tricampeã mundial de kitesurfe, Bruna Kajiya; a campeã brasileira de ciclismo de estrada e de contrarrelógio, Ana Vitória Magalhães, a Tota. A empresa ainda é a única patrocinadora exclusiva da Seleção Brasileira de Futebol Feminino e do Brasileirão Neoenergia de Futebol Feminino.