Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 26 de fevereiro de 2024

Educação

MEC anuncia processo seletivo para 60 mil vagas remanescentes do Fies

Ocupação de vagas foi interrompida em 2021

Postado em 18/09/2023 2023 12:21 , Educação. Atualizado em 18/09/2023 19:42

Agência Brasil

 

O MEC anunciou que cerca de 60 mil vagas do Fies estarão disponíveis este ano como vagas remanescentes. Os candidatos serão classificados com base nas notas obtidas no Enem.

Segundo o MEC, os prazos de inscrição e todos os critérios exigidos para participar do processo seletivo serão divulgados até outubro, por meio de edital.

Nas edições anteriores, a ocupação de vagas remanescentes se dava por ordem do registro da inscrição no sistema. Agora, os inscritos serão selecionados de acordo com a classificação de suas notas no Enem. Serão consideradas as edições do exame a partir de 2010.

O Ministério da Educação anunciou mudanças no preenchimento de vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para este ano. Todas as mantenedoras de instituições de ensino superior privadas poderão participar do processo seletivo, independentemente de ter participado de edições anteriores do Fies. Cerca de 60 mil vagas estarão disponíveis como vagas remanescentes e os candidatos serão classificados com base nas notas obtidas no Enem. O edital será publicado até o final de setembro.

A retomada do processo seletivo havia sido antecipada pelo diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do Ministério da Educação, Alexandre Fonseca, no seminário Diálogo sobre a reconstrução do Fies, promovido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes). Segundo Fonseca, os financiamentos serão para estudantes que estão matriculados em cursos de ensino superior em instituições privadas.

A retomada no preenchimento de vagas remanescentes é resultado das discussões que ocorrem no MEC para a reconstrução do Fies. A intenção é retomar o caráter social do programa. A pasta deverá lançar, em breve, o Fies Social, que cobrirá 100% dos custos das mensalidades em instituições privadas de ensino superior.

O Fies foi criado em 1999 e oferece financiamento a estudantes em instituições particulares de ensino a condições mais favoráveis que as de mercado. O programa, que chegou a firmar, em 2014, mais de 732 mil contratos, sofreu, desde 2015, uma série de mudanças e enxugamentos.

Um dos principais motivos para as mudanças nas regras do Fies, de acordo com gestões anteriores do MEC, foi a alta inadimplência, ou seja, estudantes que contratam o financiamento e não conseguem quitar as dívidas.

Fonte Agência Brasil