Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 15 de junho de 2024

Esportes

Petrolina irá sediar a Copa de Futsal Feminino com a participação de mais de trezentas atletas.

Petrolina irá sediar a Copa de Futsal Feminino com a participação de mais de trezentas atletas.

Postado em 28/09/2023 2023 15:02 , Esportes. Atualizado em 28/09/2023 15:02

ASCOM PMP

A primeira edição da Copa de Futsal Feminino de Petrolina terá mais de 300 jogadoras em 16 equipes competindo pelo título de campeã, promovendo oportunidades para o esporte feminino na cidade. A competição começa neste sábado e terá duração até novembro, com prêmios no valor de R$6 mil para os três primeiros lugares.

Com força e determinação, é a vez das mulheres calçarem a chuteira para mostrar todo talento em quadra. Na primeira edição da Copa de Futsal Feminino de Petrolina, mais de 300 jogadoras, distribuídas em 16 equipes, se enfrentarão pelo título de campeã. A competição começa neste sábado (30), a partir das 17h, no ginásio Osvaldo de Carvalho. Promovida pela Prefeitura de Petrolina, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, o objetivo do evento é incentivar e criar oportunidades para o esporte feminino no município. A copa acontece até o mês de novembro e ao final haverá premiação no valor de R$ 6 mil, distribuídos entre os três primeiros lugares.

Os times vencedores também receberão troféus, além disso, a artilheira, goleira e técnico do time campeão, ganharão medalhas. O secretário executivo de Esportes, Jefferson Correia, ressalta que o futsal tem sido uma das modalidades em que o público feminino tem ingressado, por isso a gestão municipal incentiva ações como essa.

“Em cumprimento a determinação do prefeito Simão Durando, queremos estimular ações que visam melhorar a qualidade de vida da população, além de dar oportunidade para que mais mulheres mostrem seu talento em quadra. Essa é uma chance de construir uma carreira dentro do esporte, fato que demonstra o potencial inclusivo do evento”, afirma Jefferson Correia.