Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 01 de março de 2024

Saúde

Últimos dias para vacinar seu rebanho contra febre aftosa em Pernambuco

A Adagro, autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca de Pernambuco (SDA), convoca produtores de todas as Regiões de Desenvolvimento e de Fernando de Noronha para imunizar os seus rebanhos de bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses

Postado em 29/11/2023 2023 06:10 , Saúde. Atualizado em 28/11/2023 10:16

Foto: Cortesia/Adagro

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) alertou que a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa se encerra na próxima quinta-feira (30/11) e que é responsabilidade dos produtores vacinar o gado e declarar a vacinação até 15 de dezembro. A declaração pode ser feita nos escritórios da Adagro ou pela internet, no site adagro.pe.gov.br. Produtores que perderem o prazo podem receber multas e sanções e ter prejuízos econômicos.

O Estado não registra casos de febre aftosa desde 1998 mas, para manter o reconhecimento do Ministério da Agricultura e Pecuária como área livre de febre aftosa com vacinação, Pernambuco precisar comprovar índices acima de 90% do total de animais imunizados.  “É imprescindível que os criadores vacinem seus rebanhos, garantindo a sanidade dos animais, além de manter o status estadual de vacinação, requisito que impacta economicamente o setor”, salientou a secretária da SDA, Ellen Viégas.

Para Fernado Miranda, diretor de Defesa e Inspeção Animal da Adagro e coordenador estadual do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa – PNEFA, “a vacinação continua sendo a principal ferramenta para prevenir o aparecimento da doença. Mas o pecuarista ou produtor que deixar de imunizar o gado no período da campanha está sujeito a penalidades como multa por cabeça de gado não vacinada e por propriedade, além de sanções como impedimento de movimentar os animais, participação em eventos agropecuários e acesso a incentivos estaduais voltados para o segmento agropecuário. A incidência da doença gera embargos internacionais para a região e prejuízos financeiros aos produtores”, alertou o diretor da Adagro.

O Brasil tem como meta até 2026 de atender aos requisitos da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para receber o status de rebanho livre da febre aftosa sem vacinação. O reconhecimento internacional impacta positivamente toda cadeia produtiva do agronegócio.

Entenda doença – É transmitida pelo vírus da aftosa e altamente contagiosa, afetando rebanhos de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e suínos. O animal apresenta febre alta, salivação, aftas na boca, úbere e região interdigital, perda de peso, dificuldade para pastar e queda na produção de leite.
O quê: Campanha de vacinação contra febre aftosa em Pernambuco entra na última semana

Vacinação: Período da vacinação: 1 a 30 de novembro de 2023
Rebanho a ser vacinado: bovinos e bubalinos de zero a 24 meses de idade
Status: obrigatória
Abrangência: Estado de Pernambuco
Prazo para a declaração: Até 15 de dezembro/2023 nas 11 regionais da Adagro/PE ou pela internet, acessando o site adagro.pe.gov.br, plataforma Sistema de Integração Agropecuária (Siapec 3).


Informações: 0800 081 1020