Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 29 de fevereiro de 2024

Economia

Pernambuco terá verba de R$ 2,5 bilhões para investimentos em parceria com bancos públicos

No país como um todo, as operações de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), CAIXA e BB em 2023 superam a soma dos quatro anos anteriores e ajudam a gerar empregos, dinamizar economias e aprimorar infraestrutura.

Postado em 12/12/2023 2023 23:12 , Economia. Atualizado em 12/12/2023 23:15

 

Em Pernambuco, foram firmados contratos de investimento de R$ 197 milhões pelo Banco do Brasil e R$ 2,3 bilhões pela CAIXA, totalizando R$ 2,5 bilhões em investimentos, durante um período de retomada recorde de investimentos em estados e municípios com financiamentos de bancos públicos.

Na linha com o BB, a prioridade pernambucana é a execução de obras de infraestrutura de habitação e urbanização e o fomento à agropecuária e à agricultura familiar com produção orgânica. Também está prevista a ampliação de oferta de vagas no sistema prisional do estado.

Com a CAIXA, o leque é ainda mais amplo. Envolve subsídios para o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, a construção e equipagem de unidades de saúde, obras de urbanização, implantação de corredores viários e aparelhamento operacional da segurança pública.
“É para isso que existem bancos públicos: para fazer aquilo que muitas vezes a iniciativa privada não quer fazer. A orientação é essa: prefeito não é bandido, governador não é bandido. Se ele estiver com as contas em dia, tem direito de ir ao banco, pedir financiamento e o banco financiar”, afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a cerimônia que marcou esses anúncios, nesta terça-feira (12/12), no Palácio do Planalto, em Brasília.
Na divisão entre os bancos, há R$ 22 bilhões contratados via BNDES, R$ 15,2 bilhões pela CAIXA E R$ 19,2 bilhões por intermédio do Banco do Brasil. Existem, ainda, outros R$ 23,5 bilhões em fase de negociação, aprovação e/ou contratação com as três instituições financeiras.

A Caixa está investindo em áreas como saneamento (R$ 15 bi), mobilidade (R$ 13,2 bi), infraestrutura urbana (R$ 10,1 bi), multieixos (R$ 5,5 bi) e transportes (R$ 3,9 bi) para movimentar a economia e beneficiar os cidadãos. Segundo o presidente em exercício da Caixa, Marcos Brasiliano, o objetivo principal é atender às necessidades dos cidadãos.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República