Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 12 de junho de 2024

Agronegócios

Sebrae abre inscrições para capacitação de produtoras rurais em fabricação de derivados da banana

A iniciativa conta com um investimento de R$ 500 mil. Para garantir a inscrição, é necessário apresentar documentos como o Certificado da Agricultura Familiar (CAF) ou Declaração de Aptidão para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Também são válidos documentos de registro do imóvel rural, a exemplo do Cadastro de Imóvel Rural (CCIR).

Postado em 10/01/2024 2024 05:09 , Agronegócios. Atualizado em 09/01/2024 14:24

Foto: Ronaldo Contreras

A cadeia produtiva da banana é uma das mais fortes do estado de Pernambuco. Anualmente, o estado produz cerca de 400 mil toneladas da fruta, e a região do Sertão do São Francisco se destaca por realizar este cultivo de forma irrigada. No intuito de aproveitar esse mercado, a Unidade Sebrae Sertão do São Francisco, sediada em Petrolina, abre inscrições para capacitar 30 produtoras rurais no beneficiamento e na comercialização de cinco produtos derivados da banana. Podem participar da qualificação agricultoras de Santa Maria da Boa Vista, incluindo o distrito de Fulgêncio, que já trabalham com a produção da fruta ou que desejem trabalhar apenas com o beneficiamento.

Projeto 

Essa ação integra o Projeto Bananicultura desenvolvido pelo Sebrae/PE em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe). A iniciativa conta com um investimento de R$ 500 mil. Para garantir a inscrição, é necessário apresentar documentos como o Certificado da Agricultura Familiar (CAF) ou Declaração de Aptidão para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Também são válidos documentos de registro do imóvel rural, a exemplo do Cadastro de Imóvel Rural (CCIR).

“A banana in natura possui um ciclo de vida curto, ela amadurece e perece rápido. Quando beneficiado, o produto ganha mais qualidade e valor agregado. A meta é criar cinco novos produtos e garantir que ao menos 50% das participantes se envolvam na comercialização dos produtos beneficiados”, explica a analista do Sebrae/PE, Heloísa Nóbrega.

A capacitação, com duração de oito meses, envolve desde técnicas de aperfeiçoamento da produção da fruta no campo até a criação dos novos produtos e realização das primeiras vendas. Na primeira etapa, as produtoras vão conhecer formas de aprimorar a qualidade da banana, melhorando o cultivo de campo. Em seguida, a capacitação focará na prospecção de mercado com foco no desenvolvimento de cinco produtos para venda e no levantamento de equipamentos para o beneficiamento. As fases finais envolvem conhecimentos sobre acabamento do produto, compreendendo rotulagem, informação nutricional e código de barras, e técnicas de marketing.

Inscrições podem ser realizadas por meio do número 87 2101 8901  WhatsApp. 

Fonte  Ascom  Sebrae | Adriana Amâncio