Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 26 de fevereiro de 2024

Economia

Nova ponte sobre o Rio São Francisco vai conectar estados vizinhos

Será construída uma nova ponte na rodovia BR-349/AL/SE, sobre o Rio São Francisco, ligando as cidades de Penedo, em Alagoas, e Neópolis, em Sergipe.

Postado em 20/01/2024 2024 11:53 , Economia. Atualizado em 20/01/2024 12:05

Imagem do projeto da Ponte – Reprodução/Dnit

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) assinou uma ordem de serviço no último sábado (13) para a construção de uma ponte. O ministro dos Transportes, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, governadores de Alagoas e Sergipe, prefeitos de Neópolis e Penedo e o diretor-geral do DNIT assinaram o documento para a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia e execução da obra.

Atualmente o acesso até Neópolis, a partir de Aracaju, pode ser efetuado tanto pelo interior, pelas BR-101/BR-335, em percurso de cerca de 120 quilômetros, como também pelo litoral, tomando a SE-100, em um percurso de cerca de 110 quilômetros. A partir de Maceió/AL, o acesso até Penedo tem o menor percurso (cerca de 170 quilômetros de extensão), pelas rodovias BR-101 e AL-105.

Um trecho será projetado levando em consideração a influência de polos geradores de tráfego, tráfego local e possíveis desvios de rodovias para a nova ponte. A travessia atual é feita por balsas.

O empreendimento

A ponte será construída sobre o rio São Francisco, bem como as interseções e segmentos rodoviários complementares, interligando a rodovia SE-335, em Neópolis, à AL-225, em Penedo. A estrutura terá uma extensão estimada em 1,18 quilômetros, 18 metros de largura e um trecho central em balanço sucessivo de 300 metros com vãos laterais de 75 metros e vão central de 150 metros.

Benefícios

De acordo com o Dnit, o meio socioeconômico da área de influência do empreendimento certamente será alterado com a implantação da ponte na BR-349/AL, tendo reflexos diretos na economia regional e na qualidade de vida de seus habitantes.

“Com a construção da ponte, os cidadãos poderão usufruir de benefícios como a Redução do tempo de viagens e aumento das condições de segurança de usuários da rodovia e da população local; Facilitação do acesso das populações locais aos serviços sociais (educação, saúde etc.); Melhoria das condições de escoamento dos produtos locais e impactos positivos no incremento e competitividade da economia regional; Redução dos custos operacionais dos veículos, com impactos positivos no preço dos fretes e das tarifas pagas pelos usuários; Incremento das atividades econômicas e consequentemente, aumento dos recursos tributários arrecadados nos municípios da área de influência.

Uma nova estrutura entre Alagoas e Sergipe permitirá maior segurança no deslocamento dos habitantes das duas regiões, mantendo o desenvolvimento histórico da região, já que o rio São Francisco é um importante fator indutor.

A obra demandará investimentos de aproximadamente R$ 203 milhões e terá como consequência um estímulo à economia local, diversificando também os serviços ligados ao turismo. O prazo estimado para execução dos projetos e das obras é de 36 meses.

 

Fonte Agência Sertão