Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 03 de março de 2024

Economia

Micro e pequenas empresas terão suporte de plataforma para se adaptarem à era digital

O programa, relançado em novembro de 2023, investirá R$ 2,037 bilhões no desenvolvimento de novas tecnologias digitais a partir deste ano. O valor será operado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Postado em 01/02/2024 2024 14:00 , Economia. Atualizado em 02/02/2024 13:28

Micro e pequenas empresas terão suporte de plataforma para se adaptarem à era digital

Micro e pequenas empresas terão suporte de plataforma para se adaptarem à era digital

O programa Brasil Mais Produtivo do governo federal lançou uma nova plataforma para ajudar micro, pequenas e médias empresas industriais a aumentarem sua produção e tornarem-se mais competitivas no mercado. A plataforma oferece cursos, materiais e ferramentas sobre produtividade e transformação digital. A expectativa é que 200 mil empresas se inscrevam, com mais de 93 mil recebendo atendimento e acompanhamento presencial contínuo até 2027. A inscrição é gratuita.

 

Micro e pequenas empresas terão suporte de plataforma para se adaptarem à era digital


O vice-presidente da República e ministro do MDIC, Geraldo Alckmin, ressaltou o impacto da nova fase do Brasil Mais Produtivo, sob coordenação da pasta. “Teremos uma oportunidade importante de nos reindustrializarmos. Vamos nos empenhar o mais rápido possível para fazer que a pequena empresa tenha mais oportunidade, gerar riqueza e trabalho para o nosso país”.

Além do banco público, são parceiros da inciativa o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e a Empresa Brasileira de Inovação Industrial (Embrapii). “Juntando dois craques, Sebrae e Senai, para ir à empresa ou pela plataforma digital fazer o diagnóstico correto, identificar o gargalo, verificar onde pode ter um salto de produtividade”, disse o ministro.

 

arte brasil mais produtivo

A plataforma fornecerá acompanhamento mais próximo para 93 mil empresas. 50 mil micro e pequenas empresas receberão orientações e acompanhamento contínuo de Agentes Locais de Inovação do Sebrae para aumentar a produtividade e oferecer projetos específicos por setor. A consultoria profissional do Senai atenderá até 30 mil MPEs para otimizar os processos industriais, enquanto cerca de 3 mil empresas de médio porte receberão consultoria em Lean Manufacturing para aumentar a eficiência e reduzir erros na produção.

Essa consultoria especial também abordará o aprimoramento profissional e a eficiência energética, por exemplo, com uso de equipamentos que demandam menos energia, automações que mantenham a capacidade de produção e combate ao desperdício de eletricidade.



Por fim, no eixo transformação digital, 8,4 mil MPMEs serão beneficiadas com soluções desenvolvidas por 360 empresas provedoras de tecnologias do tipo 4.0. E haverá a possibilidade de contratação de pós-graduação em Smart Factory do Senai, com desconto, para desenvolver projetos de integração de sistemas tecnológicos.

Outras 1,2 mil médias empresas serão contempladas com um plano completo de transformação digital, da elaboração do projeto de investimento ao acompanhamento.

 

Fonte Agência Brasil