Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de abril de 2024

Economia

Empreendedora se destaca com produção de queijos artesanais e motiva outras mulheres da região

Proprietária de uma queijaria no Agreste de Pernambuco, Leandra Bezerra compartilha segredos do agronegócio conforme questionada pelas pessoas.

Postado em 06/03/2024 2024 11:17 , Economia. Atualizado em 06/03/2024 11:17

REPRODUÇÃO SEBRAE PE

Aos 34 anos, Leandra Bezerra da Silva transformou seu talento culinário em sucesso com a Queijaria Santa Sofia em Canhotinho, Pernambuco. O negócio oferece queijo coalho, doce de leite, manteiga de garrafa, e queijos especiais.

A história de Leandra como empreendedora começou com a produção de queijos que fazia para a família e para as visitas que recebia em casa. Foi quando ela percebeu que as pessoas gostavam do seu produto e a questionavam por que ela não vendia os queijos para ter uma renda. A ideia se tornou realidade em 2018, com a venda do produto para pessoas próximas. Em 2020, o negócio foi ampliado para outros clientes.

“Veio a pandemia, e o leite ficou abaixo do preço de mercado. Então, eu resolvi produzir queijos com o leite da semana e divulgar para ver se daria certo. E deu. Por algum tempo, eu continuei produzindo na minha cozinha até conseguir construir um cantinho. Assim que dei início à obra, a Prefeitura de Canhotinho entrou em contato para uma parceria com o Sebrae, por meio do programa ALI Rural. Então, eu aceitei participar com o projeto de adequação e assessoria”.

Segundo ela, o negócio começou a ficar mais conhecido depois da divulgação dos produtos em redes sociais como o Instagram. “Foi aí que as pessoas conheceram meus produtos e eu passei a vender mais. E depois, no ano passado, quando ganhei o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios na categoria Produtora Rural, eu alcancei mais clientes e apareceram pessoas pedindo informações de como fazer para dar início ao empreendedorismo. E é isso, só gratidão. Eu costumo falar assim: confie em si e na força da mulher”.

Atualmente, um dos planos da empreendedora é aumentar a sua área de vendas. “Eu vou continuar estudando, buscando me desenvolver mais no mercado e pretendo alcançar outras cidades para vender os meus produtos”, conclui Leandra, que é mãe de Ana Sofia, de 4 anos, e de Edson Joaquim, de 7. “Eu cheguei até aqui através do meu esforço e com muita garra. Muitas vezes pensei em desistir, mas meu esposo Edilson da Silva não me deixou cair e hoje me orgulho dessa trajetória linda, que inspira outras mulheres”, destaca.

FONTE SEBRAE

Por Pedro Romero