Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 19 de maio de 2024

Economia

Índice de Confiança do Empresário do Comércio despenca em março

Pesquisa revela que mais de 60% dos empresários pernambucanos estão insatisfeitos com a situação econômica do país

Postado em 09/04/2024 2024 09:28 , Economia. Atualizado em 09/04/2024 10:09

 

Em março de 2024, o Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (Icec/CNC) apontou uma queda nas análises relacionadas às situações atuais da economia, do comércio e das empresas, assim como nas perspectivas para a economia brasileira e os investimentos. De acordo com o levantamento realizado em Pernambuco pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio PE), 48,3% dos comerciantes de itens semi-duráveis, como vestuário e calçados, afirmaram que as condições presentes do segmento se deterioraram neste período.


 

Líderes de pequenas empresas, com menos de 50 funcionários, estão otimistas em relação à contratação de novos colaboradores nos próximos meses. No setor de bens duráveis (geladeira, máquina de lavar, fogão), 66,6% dos empresários esperam um aumento nas contratações. Por outro lado, aproximadamente 42,2% planejam reduzir o número de empregados.

no que diz respeito aos números do Icec referentes ao mês de março, é possível observar que as grandes empresas, aquelas com mais de 50 colaboradores, mantêm um cenário pessimista em relação à situação econômica do Brasil. Aproximadamente 63,8% dos gestores empresariais afirmaram que a economia do país se encontra em declínio.

“O setor de semiduráveis sofreu uma depreciação de 5,6% no último mês, influenciado pela queda no volume de vendas do comércio ampliado em Pernambuco, conforme revelado pela Pesquisa Mensal do Comércio, elaborada pelo IBGE. Além disso, a redução do endividamento da população pode indicar uma diminuição no consumo a prazo entre os pernambucanos”, comenta Rafael Lima, Economista da Fecomércio-PE.