Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 20 de maio de 2024

Cultura

Novo audiolivro gratuito chega para alcançar público invisibilizado

O COLETIVO ÔNIBUS é composto pelas atrizes e professoras Cátia Cardoso e Francine Monteiro, e a produtora Eduarda Calisto, residentes na periferia de Petrolina-PE. O grupo surgiu em Janeiro de 2023 e tem estado ativamente envolvido na concepção e incubação de projetos culturais e educacionais. “O objetivo é oferecer arte de qualidade para o público, com um olhar especial para a acessibilidade e a inclusão, justificando a escolha do seu nome “Ônibus (Omnes Omnibus-Latim):Tudo para todos”, explica Francine Monteiro.

Postado em 12/04/2024 2024 00:31 , Cultura. Atualizado em 11/04/2024 13:00

Por-@weneslino

 

O Coletivo Ônibus acaba de lançar o audiolivro “Tábua de Marés” em Petrolina, PE, como parte do projeto Boca de Livro. O objetivo é produzir e distribuir audiolivros gratuitamente em plataformas digitais. A autora do audiolivro é Cátia Cardoso, do Piauí, e o público-alvo são pessoas com deficiência visual, visão subnormal, baixa visão, cegas, não alfabetizadas, além de leitores que prefiram esse formato e a comunidade em geral. A gravação contou com a participação da autora, da atriz e professora Francine Monteiro, e do estudante Wanderson Michel.

O audiolivro estará disponível gratuitamente no Spotify e YouTube. As narrativas apresentam alegorias que desafiam o leitor a descobrir as verdadeiras intenções da autora, convidando a refletir e se emocionar com contos fantásticos que abordam temas cotidianos e universais. As ilustrações de André Vitor Brandão serão descritas através de audiodescrição para que todos possam apreciá-las. Para Cátia Cardoso, a concretização do projeto representa a realização de um sonho.

“Acredito que ler para alguém é um ato de amor. Histórias lidas criam uma conexão afetiva entre o texto, o leitor e quem ouve. Desde criança sou apaixonada pelos livros. Já adulta, na prática diária de professora de Língua Portuguesa e, posteriormente, no Mestrado, pude pesquisar e teorizar a respeito da importância da palavra lida/ouvida. Agora, graças à Lei Paulo Gustavo, consegui realizar um sonho, que é levar meus contos às pessoas que, por motivos diversos, não teriam acesso a eles”, pontua a autora.

BOCA DE LIVRO é um movimento que tem o universo digital como o grande canal de disseminação de conteúdos e busca atrair um grande número de leitores jovens, adultos e idosos, não apenas a nível local, mas também nacional. Além de facilitar a aproximação de pessoas que não têm acesso a ações artísticas e culturais e sensibilizar a sociedade quanto à importância da acessibilidade na literatura.

O COLETIVO ÔNIBUS é composto pelas atrizes e professoras Cátia Cardoso e Francine Monteiro, e a produtora Eduarda Calisto, residentes na periferia de Petrolina-PE. O grupo surgiu em Janeiro de 2023 e tem estado ativamente envolvido na concepção e incubação de projetos culturais e educacionais. “O objetivo é oferecer arte de qualidade para o público, com um olhar especial para a acessibilidade e a inclusão, justificando a escolha do seu nome “Ônibus (Omnes Omnibus-Latim):Tudo para todos”, explica Francine Monteiro.

Por-@weneslino

Desde que deu início às atividades no Vale do São Francisco, o coletivo já obteve a aprovação de 5 propostas em leis de incentivo federal e tem outras aguardando a oportunidade de patrocínio. A realização do projeto de gravação do audiolivro foi possível graças ao incentivo da Lei Paulo Gustavo na cidade de Petrolina.