Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 14 de julho de 2024

Política

Resgate de uma aliança histórica

Na já distante disputa pelo governo de Pernambuco em 2006, o então candidato a governador Eduardo Campos contou com o apoio do então prefeito de Petrolina, Fernando Bezerra Coelho, que teve papel fundamental na operacionalização da vitoriosa campanha eleitoral. Com a vitória de Eduardo, Fernando renunciou ao cargo de prefeito para assumir a secretaria de Desenvolvimento Econômico, e a dobradinha entre Eduardo e Fernando proporcionou o melhor momento econômico da história de Pernambuco.

Postado em 15/06/2024 2024 00:19 , Política. Atualizado em 14/06/2024 21:29

Colunista

 

Em 2011, Eduardo fez Fernando ministro da Integração Nacional e em 2014 o escolheu para disputar o Senado Federal na chapa encabeçada por Paulo Câmara, após o fatídico acidente que ceifou a vida de Eduardo, Fernando e Paulo acabaram vitoriosos. Em 2017, tentando disputar o governo, Fernando rompeu com a Frente Popular e migrou para o MDB, mas acabou não sendo candidato, apoiando Armando Monteiro.

Foram quase sete anos de distanciamento entre o clã Coelho e o PSB, culminando inclusive na candidatura de Miguel Coelho ao governo de Pernambuco em 2022, mas com a decisão de Raquel Lyra de mandar os Coelho para a oposição, que também é fruto daquela vitoriosa eleição de Eduardo Campos, que teve João Lyra Neto como vice, os herdeiros de Fernando e de Eduardo, Miguel e João, respectivamente, resgataram a vitoriosa aliança política que muito bem fez para Pernambuco.

O PSB apoiará a reeleição de Simão Durando em Petrolina, enquanto o União Brasil marchará com João Campos no Recife. Essa aliança, como bem disse Fernando, poderá representar algo maior, tendo João Campos como postulante ao Palácio do Campo das Princesas, e Miguel Coelho como possível companheiro de chapa na majoritária. A junção dos dois grupos é um resgate histórico que tentará devolver o governo de Pernambuco à Frente Popular.

Bezerros – Neste sábado, a governadora Raquel Lyra irá prestigiar o início oficial do São João de Serra Negra, no município de Bezerros, no Agreste. A festividade conta com o apoio do Governo do Estado, que realizou um aporte que supera R$ 1 milhão por meio da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). O São João de Serra Negra é Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco e concentra pernambucanos e turistas no polo cultural, onde acontecem shows de artistas nacionais e grupos culturais.

Tietado – Na festa da casa do ex-senador Fernando Bezerra Coelho e durante suas agendas em Petrolina, o prefeito João Campos foi bastante tietado e requisitado para fotos. Prefeitos e lideranças políticas de todo o estado, em especial do sertão, faziam questão de atrelar sua imagem ao filho de Eduardo, e quase sempre o saudavam como futuro governador.

Alternativa – O PP do deputado federal Eduardo da Fonte, que recentemente declarou apoio à pré-candidatura de Daniel Coelho, não descarta a possibilidade de lançar Michele Collins ao cargo de prefeita do Recife. O PP aguarda reciprocidade em Jaboatão dos Guararapes, onde o PSD deverá apoiar a reeleição de Mano Medeiros (PL), mas a expectativa do partido é que a legenda de Daniel Coelho abandone a ideia e apoie a postulação de Clarissa Tércio.

Inocente quer saber – O PP ficará com Daniel Coelho ou terá candidatura própria no Recife?