facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de setembro de 2020

Economia

Estatais registram lucro de 214% em 2017

Apesar de queda no rendimentos da Eletrobras e BNDS, o governo registrou lucro de R$28,3 bilhões

Postado em 12/04/2018 2018 13:17 , Economia. Atualizado em 12/04/2018 14:36

A Caixa Econômica e Banco do Brasil alcançaram um maior lucro líquido em 2017 em relação ao ano anterior, de acordo com o quinto Boletim das Empresas Estatais Federais, divulgado no último dia 28, pelo Ministério do Planejamento. O documento avaliou também Petrobras, Eletrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O saldo positivo de R$ 28,3 bilhões representa um crescimento de 214,1% das estatais em relação a 2016. “Na hora em que as empresas deixaram um leque grande de atividades e passaram a focar naquilo que elas fazem de melhor, o resultado apareceu”, destaca o titular da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) do Ministério do Planejamento, Fernando Ribeiro Soares.

A Petrobras saiu de um prejuízo de R$ 13,0 bilhões em 2016 para lucro líquido de R$ 377 milhões em 2017. “Este Boletim traz um resultado expressivo do ponto de vista do lucro líquido gerado pelas empresas estatais federais. Foi revertido um prejuízo de cerca de R$ 32 bilhões em 2015 para um lucro superior a R$ 28 bilhões em 2017. Isso resulta do esforço em reajustar as nossas empresas, na busca de maior eficiência, redução de custos e, consequentemente, em benefícios para a sociedade”, destaca o secretário.

Medidas

O Governo Federal diminuiu de 154 para 146 o número de estatais. A redução se deu por meio de venda, incorporação ou extinção de algumas dessas empresas desde 2016. “Reduziu-se o custo e incrementou-se a produtividade,  isso se reverteu em resultado positivo. Claramente é o que se está acontecendo também no caso da Petrobras”, enfatiza Ribeiro Soares.