facebook jornal do sertão twitter jornal do sertaolinkedin jornal do sertaowhatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 08 de abril de 2020

cidades

Chuva chega ao Sertão de Pernambuco e causa estragos

Volume de água fez com que várias barragens atingissem seu volume máximo, causando alagamento em diversos municípios. Centenas de pessoas estão desabrigadas

Postado em 26/03/2020 2020 17:45 , cidades, Geral. Atualizado em 26/03/2020 17:45

A chuva finalmente chegou ao Sertão pernambucano, levando esperança e estragos, graças ao alto índice pluviométrico registrado. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Cllima (Apac), a cidade de Lagoa Grande registrou 136,78mm.

Já São José do Belmonte, ultrapassou os 75mm de chuva. O que deveria ser tratado como alegria para o povo sertanejo, transformou-se em um verdadeiro drama, com ruas alagadas e centenas de pessoas desabrigadas.

Em Afogados da Ingazeira, segundo a APAC, no período de quatro horas choveu cerca de 128 milímetros, o que representa 315% do esperado para o mês. Com o volume de água, diversas barragens atingiram a cota máxima, chegando a ceder em algumas regiões, a exemplo da barragem de Brotas, que causou grandes estragos no bairro de Borges, chegando a derrubar duas pontes e deixando dezenas de famílias desabrigadas.

Sem trégua, a chuva seguiu fazendo estragos em outros municípios. Em Serra Talhada, o Rio Pajeú, que nasce no Alto do Pajeú, em Brejinho, recebeu um volume muito grande de água devido ao transbordamento das barragens de Rosário, em Iguaraci; de Brotas, em Afogados da Ingazeira; e da barragem do Chinelo, em Carnaíba, onde também acabou transbordando, na madrugada da quinta-feira (26), deixando a cidade sertaneja parcialmente inundada. Desde 2004 a cidade não recebia essa quantidade de água.

A Secretaria de Infraestrutura do Estado de Pernambuco (Seinfra) garantiu em nota que há uma série de ações emergenciais voltadas para o reabastecimento da infraestrutura viária e hídrica nos municípios que foram atingidos pela chuva. Segundo o órgão, a iniciativa conta com um investimento de R$4,2 milhões.

FOTO: FAECA SECRETÁRIA DO DESENVOLVIMENTO

SERRA TALHADA