Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 21 de setembro de 2021

Cidades

Cinquenta e cinco cidades do Sertão em situação de emergência por estiagem em PE

Cinquenta e cinco cidades localizadas no Sertão de Pernambuco estão em Situação de Emergência por estiagem, de acordo com Decreto Nº 51.296assinado pelo governador Paulo Câmara e publicado na edição do último sábado (4) do Diário Oficial do Estado, com validade de 180 dias. Dos 56 municípios do Sertão apenas São José do Egito, no Pajeú, ficou fora da lista. O Jornal do Sertão fez um levantamento das precipitações pluviométricas nos 56 municípios sertanejos de janeiro a agosto de 2021. Maiores índices foram registrados no Sertão do Pajeú e os menores no Sertão de Itaparica.

Postado em 08/09/2021 2021 08:39 , Cidades. Atualizado em 08/09/2021 15:46

Jornalista , Editor Antônio José em Cidades

Imagem Guga

O Governo do Estado justifica a situação de emergência devido à previsão de redução das chuvas e à queda das reservas hídricas de superfície, os impactos na agropecuária e a situação socioeconômica desfavorável nos municípios sertanejos, além do Parecer Técnico nº 010, datado de 2 de setembro de 2021, elaborado pela Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco – CODECIPE

 

 

Os órgãos estaduais localizados nas áreas atingidas, e competentes para a atuação específica, adotarão as medidas necessárias para o combate à “Situação de Emergência” em conjunto com os órgãos municipais”, afirma o Decreto.

Dos 56 municípios do Sertão apenas São José do Egito, no Pajeú, ficou fora da lista. O município registrou 633,5milímetros de janeiro a agosto de 2021. Os municípios contemplados no decreto são: Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi,
Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Cedro,Custódia, Dormentes,
Exu, Flores, Floresta, Granito, Ibimirim,Iguaracy, Inajá, Ingazeira, Ipubi,Itacuruba, Itapetim, Jatobá, Lagoa Grande, Manari, Mirandiba, Moreilândia,Orocó, Ouricuri, Parnamirim,
Petrolândia, Petrolina, Quixaba,Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha,São José do Belmonte, Serra Talhada,
Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira,Tacaratu, Terra Nova, Trindade, Triunfo,Tuparetama e
Verdejante.

 

Triunfo registrou maior índice pluviométrico do ano no Sertão

De acordo com o Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, o Sertão somou 25.212,5 milímetros de chuvas no intervalo de janeiro a agosto de 2021.

O Jornal do Sertão fez um levantamento das precipitações pluviométricas em todos os 56 municípios da região no período. O Sertão do Pajeú lidera com 11.358,5 milímetros, o Sertão do Araripe somou 3.477,1, o Sertão do Moxotó 3.282,4, o Sertão do São Francisco 2.295,5, o Sertão Central 2.795,3 e o Sertão de Itaparica 2.003,7.

As maiores precipitações do ano foram registradas em Triunfo (1.112,5) e Tacaratu (898,6). As menores precipitações foram registradas em Itacuruba (28,5), Belém do São Francisco (147,7), Floresta (145,4), Petrolândia (167) e Orocó (176,5).

 

Ranking pluviométrico no Sertão em 2021 (IPA):

Triunfo (1.112,5)

Tacaratu (898,6)

Itapetim (779)

Santa Cruz da Baixa Verde (771,5)

Solidão (749,8)

Ingazeira (748)

Tuparetama (729)

Calumbi (686,2)

São José do Egito (633,5)

Cedro (628,8)

Flores (628,5)

Serra Talhada (621,3)

Exu (611)

Carnaíba (606)

Tabira (594,7)

Manari (586,5)

Santa Terezinha (579,5)

Quixaba (566,5)

Afogados da Ingazeira (545)

Bodocó (538)

Arcoverde (520)

Iguaracy (514)

Brejinho (493,4)

Custódia (464,6)

Ouricuri (458,1)

São José do Belmonte (450,5)

Parnamirim (430,1)

Araripina (424,5)

Sertânia (419,7)

Granito (411)

Moreilândia (385)

Trindade (381)

Betânia (375,9)

Dormentes (362)

Terra Nova (357,9)

Mirandiba (356)

Carnaubeira da Penha (341,8)

Salgueiro (339,3)

Cabrobó (327)

Afrânio (318,8)

Ipubi (300,2)

Verdejante (296,1)

Serrita (294,5)

Ibimirim (291)

Jatobá (274,7)

Lagoa Grande (264)

Santa Maria da Boa Vista (256,4)

Petrolina (232,9)

Santa Cruz (213)

Inajá (205)

Orocó (176,5)

Petrolândia (167)

Belém do São Francisco (147,7)

Floresta (145,4)

Santa Filomena (133,3)

Itacuruba (28,5)