Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 12 de junho de 2024

Economia

Pernambuco se destaca no Nordeste como líder na geração de empregos

Em novembro, todos os setores da economia em Pernambuco, exceto a agropecuária, abriram vagas de emprego.

Postado em 29/12/2023 2023 10:21 , Economia. Atualizado em 29/12/2023 10:21

O Nordeste aparece em segundo lugar, com um saldo positivo de 49.215 vagas. Foto: Ilustrativa

O estado de Pernambuco liderou a criação de vagas de emprego formais em novembro de 2023, com 7.664 vagas abertas e um saldo acumulado de 59.902 contratações em 2023. É o sétimo mês consecutivo de emprego positivo no estado e também o quarto mês consecutivo em que Pernambuco lidera a criação de vagas na região Nordeste. Os dados indicam 50.528 admissões e 42.864 desligamentos no mês passado.

Para a governadora Raquel Lyra, os dados são animadores e apontam para o novo tempo que Pernambuco vive. “Vamos iniciar 2024 com esse resultado que demonstra a liderança de Pernambuco no Nordeste brasileiro na criação de emprego, o instrumento mais transformador e inclusivo que existe no sentido de garantir menos desigualdade social, mais oportunidade e renda. Quando assumimos, esse era um dos maiores desafios e continua sendo, pois o trabalho está só começando. Chegamos aqui com sessenta mil empregos criados num ano muito desafiador, onde arrumamos a casa para fazer as transformações que nosso Estado precisa. O resultado do Caged aponta que a mudança já está acontecendo”, registrou.

Em novembro, todos os setores da economia em Pernambuco, exceto a agropecuária, abriram vagas de emprego. O comércio teve o melhor resultado, seguido de serviços, indústria e construção civil. No acumulado do ano, serviços apresentou o maior saldo positivo, seguido por comércio e indústria.

Novembro 

Pernambuco ficou em 5º lugar entre os 27 entes estaduais da federação brasileira na criação de vagas formais de empregos, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná. No acumulado do ano, Pernambuco também garantiu um resultado de destaque, compondo o grupo dos dez com melhor desempenho: com 59,9 mil novas vagas, ficou em 9º lugar entre os 26 estados mais o Distrito Federal.

Para a secretária interina de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo, Cristiane Andrade, o resultado é animador. “Pernambuco, mais uma vez, vem apresentando crescimento com relação à geração de novos postos de trabalho. Ser líder no Nordeste mais uma vez mostra que o governo da mudança vem com a estratégia adequada, com o olhar correto para que se gerem novas oportunidades, crescimento econômico, e, consequentemente, dignidade para a população pernambucana. Estamos muito felizes com o resultado e na certeza de que este é o caminho certo”, registrou.