Facebook jornal do sertão Instagram jornal do sertão Whatsapp jornal do sertao

Pernambuco, 24 de abril de 2024

Educação

A filosofia do sucesso. Por Diedson Alves

Sucesso: “busco”, “é meu sonho”, “fulano tem”, “como ter?”, “quais os ingredientes” Afinal o que seria ter sucesso na vida?

Postado em 22/02/2022 2022 19:33 , Educação. Atualizado em 22/02/2022 19:33

Colunista

Prof. Diedson Alves Mestre em Ciência da Educação

Sucesso: “busco”, “é meu sonho”, “fulano tem”, “como ter?”, “quais os ingredientes” Afinal o que seria ter sucesso na vida? A atual situação econômica do Brasil com seus desdobramentos sociais acelerados e escancarados com a pandemia, colocou quase como uma obrigação ter sucesso, o modelo econômico mundial aguça isso, atrelando efetivamente a prosperidade às questões econômicas e financeiras.

O monge inglês, Beda, faz uma reflexão sobre o três caminhos para o fracasso que ao inverter, assim como inspirou-se Mário Sérgio Cortella, teremos o caminho para o sucesso: “Ensinar o que se sabe isto é, generosidade mental. Praticar o que se ensina, ou seja, coerência ética. Perguntar o que se ignora isto é, humildade intelectual”.

O professor Leandro Karnal é mais enfático no que aborda ser bem sucedido, o referido escritor, estabelece uma equação que aumenta essa probabilidade de crescimento: “Tempo, sociabilidade, planejamento, comunicação e corpo são as atitudes que devem ser levadas em conta para a realização de ações transformadoras na vida profissional e pessoal e que, em consequência, estabelecem chances matemáticas de sucesso”.

Para mim falta algo, para fechar essa conta, é indubitável atrelar toda a ideia de sucesso às questões materiais, ao poder aquisitivo, ao poder de consumo. As propagandas, os comerciais nos levam a esses parâmetros em que abrem uma série de experiências na vida. Mas sinto um vazio, uma lacuna, uma liga que traga o preenchimento humano na consolidação da plenitude humana.

Para mim a grande resposta é trazida pelo professor, Clóvis de Barros, para ele: “o valor da vida está no conceito aristotélico de eudaimonia, que é a felicidade resultante de uma vida ativa e significativa, voltada para o desenvolvimento das próprias potências e para a busca da excelência instante a instante. Viver o instante é cobrar dele um sentido”. A partir disso vale a pena alicerçar a essência do sucesso.